Futebol Destaques do Peixe eram bebês no último confronto entre Santos e Boca

Destaques do Peixe eram bebês no último confronto entre Santos e Boca

Atacante Kaio Jorge tinha pouco mais de um ano na final da Libertadores de 2003. Volante Sandry tinha apenas oito meses quando Tevez ajudou o Boca a vencer o Santos

Lance
Lance

Lance

Lance

O último confronto entre Santos e Boca Juniors na Libertadores não traz boas lembranças aos torcedores santistas, mas a maior parte do atual elenco nem tinha idade para lembrar das partidas de quase 18 anos atrás. Dois possíveis titulares em La Bombonera tinham por volta de um ano de idade na época.

Atacante titular e artilheiro do Peixe na atual edição da Copa Libertadores, Kaio Jorge tinha apenas 1 ano e cinco meses quando as equipes se enfrentaram na decisão da Libertadores de 2003. Sandry, que também pode começar jogando em La Bombonera, era ainda mais novo, com oito meses.

Além disso, nomes como John, João Paulo, Felipe Jonatan, Luan Peres, Lucas Veríssimo, Jobson, Soteldo, entre outros tinham todos menos de 10 anos de idade. Jogador mais experiente do Santos, Pará tinha 17 anos na época e ainda não tinha estreado como profissional. O garoto Ângelo sequer tinha nascido.

Santos e Boca Juniors começam a disputar uma vaga na final da Copa Libertadores da América nesta quarta-feira, 19h15, em La Bombonera. A volta está marcada para dia 13, na Vila Belmiro.

Últimas