Depois de eliminação na Champions, Roma demite Eusebio Di Francesco

Desclassificação contra o Porto foi a gota d'água para a diretoria do clube da capital. Roma também foi eliminada da Copa da Itália e está em 5º no Calcio

Eusebio Di Francesco foi demitido pela Roma nesta quinta-feira

Eusebio Di Francesco foi demitido pela Roma nesta quinta-feira

Reprodução

A eliminação na Liga dos Campeões na última quarta-feira parece ter sido a gota d'água para a diretoria da Roma. Nesta quinta-feira, após reunião com o treinador, a alta cúpula do time italiano decidiu demitir o comandante. A Roma caiu para o Porto na rodada de oitavas de final da Liga dos Campões em derrota por 3 a 1 na prorrogação no estádio do Dragão.

Além da desclassificação no torneio europeu, o técnico italiano também não fazia uma boa temporada nos outros campeonatos. A equipe foi eliminada na Copa da Itália sofrendo uma goleada acachapante para a Fiorentina por 7 a 1. E antes da partida pela Champions, vinha de uma derrota por 3 a 0 para a Lazio no Calcio, onde está apenas na quinta posição com 44 pontos, três a menos que a Inter, primeira no grupo de classificação para a a próxima Champions.

Eusebio Di Francesco teve uma carreira consolidada como jogador no Empoli, Lucchese e na própria Roma, chegando até a defender a seleção italiana. Como treinador, começou no Virtus Lanciano, passou por Pescara, Lecce e Sassuolo até chegar a Roma em 2017.