Dentinho doa 10 toneladas de alimentos para comunidades carentes de São Paulo

Atacante do Shakhtar ajudou o Instituto João de Barro e a Central Única das Favelas (CUFA)

Lance

Lance

Lance

Dentinho entrou na corrente do bem para amenizar a dor das pessoas que sofrem por conta da epidemia do coronavírus, o COVID-19. Mesmo de longe, o atacante do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, enviou dez toneladas de alimentos para ajudar tanto o Instituto João de Barro quanto a Central Única das Favelas (CUFA), ambos de São Paulo.

Preocupado com a situação vivida pelo pais, que já contabiliza mais de 11 mil mortes e cerca de 160 mil casos confirmados, o ex-jogador do Corinthians não só comentou a atitude, mas também fez um apelo a todos.

- Estamos vivendo um momento extremamente difícil no mundo todos e é preciso a mobilização e conscientização de todos. Fico feliz por poder ajudar as pessoas que estão precisando. Se cada um colaborar com um pouco que seja, da maneira que pode, sairemos juntos dessa. Gostaria de pedir também para que todos redobrem os cuidados e sigam as orientações básicas para que o contágio não seja ainda maior - disse.

Assim como os demais jogadores do Shakhtar, Dentinho vem seguindo todas as orientações feitas pelo clube para a retomada das atividades. O campeonato ucraniano, porém, ainda não tem uma data definida para o retorno.