Futebol De volta aos gramados, Rojas pode ser opção para o ataque do São Paulo

De volta aos gramados, Rojas pode ser opção para o ataque do São Paulo

O equatoriano pode ser uma solução para a ausência de jogadores de velocidade no elenco

Lance
Lance

Lance

Lance

A derrota para o Botafogo, na última segunda-feira (22), trouxe muitas frustrações para o torcedor são-paulino. Porém, entre elas, uma boa notícia também surgiu durante a partida: João Rojas está de volta aos gramados. Após o jogo, o treinador interino, Marcos Vizolli, falou sobre a situação do atacante.


Confira como está o São Paulo na tabela do Brasileirão! Simule a última rodada!

Na coletiva após o término da partida, Vizolli comentou sobre a volta de Rojas e também falou, brevemente, sobre seu futuro na equipe, com certo otimismo. Perguntado se o equatoriano está nos planos da equipe, o interino respondeu:

- Claro. O Rojas o pertence ao São Paulo. O Rojas tem contrato com o São Paulo. Infelizmente nós não conseguimos utilizá-lo antes, por problemas de retorno, de uma transição ao campo. Hoje ele entrou, tentou, batalhou, está de volta e, devagarzinho vai ocupar seu espaço.

João Rojas pode ser uma alternativa para o ataque são-paulino, que carece de jogadores de velocidade pelas beiradas do campo. O time, em diversos momentos, sofre com a ausência de rapidez no setor ofensivo, sendo difícil atacar no contra-ataque ou até mesmo furar zagas fortes.

O atacante não jogava desde outubro de 2018, quando lesionou seu joelho. Durante a fase final da recuperação, em 2019, lesionou-se novamente, voltando ao elenco somente em 2021.


Liberado pelo departamento médico, Rojas entrou já no segundo tempo da partida, aos 31 minutos do segundo tempo, no lugar de Igor Gomes. Com pouco tempo em campo e poucas oportunidades, Roja mostrou empenho e vontade de assumir uma vaga no time titular, porém não conseguiu evitar a derrota por 1 a 0.

Assim, o equatoriano pode ser uma alternativa na próxima partida do Tricolor, contra o Flamengo, no Morumbi, na quinta-feira (25), às 21h30. Precisando da vitória para ser campeão, o rubro-negro deve tentar jogar no ataque, pressionando o São Paulo e, consequentemente, cedendo espaços para o contragolpe. Rojas, por ser um jogador de velocidade, pode ser uma arma importante para explorar essa oportunidade.

O São Paulo também entra precisando da vitória, pois precisa dos três pontos para se classificar diretamente para a fase de grupos da Libertadores sem depender de um tropeço do Fluminense.



 

Últimas