De volta ao Santos, Vladimir agradece Avaí: 'Me tratou com respeito'

Clube catarinense pediu ao Peixe para renovar o empréstimo do goleiro, mas foi prontamente recusado pela diretoria santista. Camisa 1 conquistou o torneio estadual

Lance

Lance

Lance

O goleiro Vladimir não teve seu contrato de empréstimo renovado com o Avaí. O clube catarinense chegou a pedir a renovação, mas a diretoria santista recusou.

O estafe de Vladimir chegou a conversar com o então superintendente de futebol do Santos, Paulo Autuori, mas a demissão do profissional fez o negócio esfriar.

Sem definição do futuro, Vladimir volta ao Santos para disputar posição com Everson e Vanderlei. O primeiro foi bancado pelo técnico Jorge Sampaoli e disputou a maioria dos jogos no Campeonato Brasileiro.

Confira a nota oficial do goleiro:

"Ontem foi meu último dia como atleta do Avaí. Tive uma temporada intensa na Ressacada e, como na vida, passei por momentos bons e ruins. Como sou um cara otimista, procuro aprender com as derrotas, mas valorizar as vitórias. E não foram poucas, como o título do Campeonato Catarinense, a conquista de diversos prêmios como melhor jogador em campo e da rodada do Brasileirão, além da indicação como representante do Avaí na eleição do Craque da Galera da competição nacional.

Poderia ter feito mais? Com certeza. Mas deixo Santa Catarina com a convicção de que não faltou empenho em cada jogo, em cada treino. Sou muito intenso em tudo o que eu faço, principalmente quando estou com as luvas nas mãos. Nesse momento de despedida, deixo o meu agradecimento a todos os dirigentes, integrantes da comissão técnica, companheiros de elenco e funcionários do clube. Mas faço questão de ressaltar a torcida avaiana, que sempre me tratou com respeito e carinho, mesmo nas situações mais difíceis que passamos em 2019.

Vou embora, mas meu coração continuará sendo também azul, como a cor do maravilhoso mar de Florianópolis. Muito obrigado, Avaí!", escreveu.

O contrato do goleiro com o Santos vai até o fim de 2020. Pelo Peixe, conquistou cinco Campeonatos Paulista, uma Copa do Brasil e uma Libertadores.