Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

De saída: entenda os motivos para o Botafogo aceitar liberar Gustavo Sauer

Meia deixa o Glorioso em momento no qual tem sequência com Bruno Lage

Futebol|Do R7


Lance
Gustavo Sauer: busca por novos desafios (Foto: Vitor Silva /Botafogo)

A passagem de Gustavo Sauer pelo Botafogo chegou ao fim nesta semana. O fato do Alvinegro aceitar empretá-lo Rizespor, da Turquia, aconteceu justamente em um momento no qual o meio-campista recebia oportunidades sob o comando de Bruno Lage.

Sauer foi titular no empate com o Patronato, da Argentina, e nas vitórias sobre o Guaraní, do Paraguai, e Internacional. No melhor momento desta sequência, o camisa 10 marcou dois gols e deu passe para outro na goleada por 4 a 1 sobre o Coritiba, no Nilton Santos. Porém, por mais que ele voltasse a ficar cotado para jogar e travasse boa disputa pela titularidade com Júnior Santos, alguns fatores pesaram para sua saída.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

A questão salarial pesou para sua saída. Sauer tinha um dos maiores salários do Botafogo e, além disso, manifestou seu desejo de mudar de ares.

Publicidade

- É uma oportunidade que surgiu para ele. É um atleta que nos ajudou bastante, um contrato de empréstimo de um ano com opção de compra, a princípio até o ano que vem - afirmou o diretor executivo do Botafogo, André Mazzuco, em entrevista coletiva na quarta-feira passada (16).

O meia havia recebido propostas de clubes do exterior há cerca de um mês. O RWD Molenbeek, clube de propriedade de John Textor na Bélgica, e uma equipe saudita, procuraram Sauer, mas o atleta havia decidido permanecer no Glorioso.

Publicidade

Gustavo Sauer foi a quarta maior contratação da história do Botafogo. Os botafoguenses depositaram US$ 2 milhões (R$ 10 milhões, na cotação da época) nos cofres do clube junto ao Boavista em abril de 2022

Embora tenha voltado a conseguir espaço, o desejo expressado pelo meia para conseguir "novos desafios" foi visto pelo meia como preponderante para aceitar a proposta do Rizespor, da Turquia. Após muitos desafios ao tentar se afirmar, o camisa 10 migrará para o futebol turco até julho de 2024 por empréstimo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.