Futebol De briga de torcidas a suspensão do jogo: entenda a polêmica de Goiás x Corinthians

De briga de torcidas a suspensão do jogo: entenda a polêmica de Goiás x Corinthians

Jogo entre Esmeraldino e Timão foi suspenso após divergência por presença de torcida visitante

Lance
Lance

Lance

Lance

A partida entre Goiás e Corinthians, que ocorreria neste sábado (15) pela 32ª rodada do Brasileirão, foi suspensa horas antes da bola rolar na Serrinha por uma divergência na presença da torcida visitante. Contudo, o clima para o cancelamento estava sendo instaurado meses atrás.

+ Confira detalhes da terceira camisa e a nova linha do Corinthians em alusão ao Mundial do Japão

Tudo começou no dia 19 de junho, horas antes do Timão vencer o Esmeraldino na Neo Química Arena, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, cerca de 200 torcedores organizados de ambos clubes brigaram na Marginal Tietê. O enfrentamento terminou com feridos e 17 pessoas detidas.

Quase quatro meses depois, uma semana antes dos clubes se reencontrarem no Brasileirão, o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) e a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás usaram como premissa a briga na partida do primeiro turno, alegando histórico de rivalidades entre torcidas para recomendarem torcida única na partida. A decisão foi acatada pela CBF.

+ Veja tabela e simule o vencedor da Copa do Brasil

Vale destacar que a torcida única é uma medida adotada pelo Ministério Público do Estado de Goiás e São Paulo em clássicos goianos e paulistas.

O que irritou a diretoria corintiana foi o fato da decisão ter sido tomada de forma unilateral, sem ouvir a defesa do clube alvinegro. Dessa forma, o Timão ajuizou medida no STJD para reverter a situação e defender seus interesses, e o clube conseguiu parecer favorável na noite de quinta-feira (13).

Estádio Hailé Pinheiro

Estádio Hailé Pinheiro

Lance

Partida seria na Serrinha, casa do Goiás (Foto: Divulgação / Goiás EC)

Apesar da decisão do STJD, a reportagem do LANCE! apurou que o Goiás estava comercializando ingressos no setor de visitante para o seu torcedor, mesmo com o clube goiano divulgando uma nota na sexta (14) com informações em relação à comercialização dos ingressos para a torcida corintiana.

No dia da partida, horas antes dos corintianos se dirigirem a bilheteria da Serrinha, o Goiás informou em suas redes sociais que havia sido notificado sobre a decisão do Superior Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, voltando a proibir torcedores corintianos no estádio.

O Corinthians, ciente que tinha apoio da Justiça Desportiva, emitiu um comunicado oficial pedindo calma aos seus torcedores até uma definição sobre a venda de ingressos.

Às 15h20, o presidente do STJD, Otavio Noronha, determinou a suspensão da partida. No despacho, ele destacou que a decisão visava garantir a ordem desportiva e o equilíbrio da competição. Ambos clubes acataram a decisão.

Com a partida suspensa, Goiás e Corinthians aguardam a definição da CBF sobre a nova data da partida.

Últimas