Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Da crise até ascensão: relembre os altos e baixos do Botafogo no primeiro semestre de 2023

Após começo conturbado, Glorioso muda de patamar no decorrer do ano e vislumbra voos altos no término da temporada

Futebol|Do R7


Lance
Relembre momentos marcantes do primeiro semestre do Botafogo (Vítor Silva/BFR)

O Botafogo viveu momentos de altos e baixos no primeiro semestre de 2023. O time, que atualmente é líder do Brasileirão e tem colecionado boas atuações, não teve um bom começo de temporada.

A boa campanha na reta final da temporada passada fez com que os torcedores criassem um alta expectativa para este ano. Os jogadores alvinegros, no entanto, não conseguiram corresponder este entusiasmo de imediato.

+ Coudet saiu do Atlético-MG: confira treinadores estrangeiros livres no mercado

INÍCIO CONTURBADO

Publicidade

Luís Castro, que atualmente é unanimidade no comando da equipe, foi muito criticado no início da temporada e esteve perto de sair do clube. Apesar da pressão, John Textor decidiu dar continuidade ao trabalho do português e os resultados apareceram.

O Botafogo tinha muita dificuldade em encontrar um padrão de jogo neste começo de temporada. O técnico promovia testes e reformulações no time, mas os jogadores alvinegros mostravam pouco entrosamento e sintonia dentro de campo.

Publicidade

A desclassificação para as semifinais do Campeonato Carioca foi uma ducha de água fria para os torcedores e colocou muita pressão em cima da SAF e do trabalho de John Textor. Mesmo com as críticas, Luís Castro dizia que não se podia cobrar tanto em um trabalho de pré-temporada.

- De repente, temos grandes batalhas já no segundo jogo do Estadual. Os treinadores e times precisam gerir toda essa dimensão mental em cada dia de trabalho. Quando eu cheguei, ouvia muita gente dizer que Estadual não era tão importante para a temporada, mas quando olhamos estava tudo fervendo por causa do Carioca. E ainda não começamos Brasileirão e Sul-Americana. Uma das dimensões está completamente dilapidada por um conjunto de incidentes no que deveria ser uma pré-temporada, mas que não é porque já estamos em competição - declarou Luís Castro em março deste ano.

Publicidade

+ Botafogo usará Data Fifa para recuperar jogadores e esvaziar DM; veja cada caso

VIRADA DE CHAVE

As palavras de Luís Castro, que acabaram sendo menosprezadas na época, fizeram sentido alguns meses depois. Os erros cometidos no começo da temporada serviram para os jogadores alvinegros amadurecerem e mudarem de postura nas competições de maior peso.

O Botafogo, que antes mostrava pouco repertório de jogadas ofensivas, virou um time efetivo e mortal no ataque. A defesa, que já vinha apresentando atuações sólidas no começo do ano, continuou sendo consistente e segura.

REFORÇOS

A recontratação de Júnior Santos gerou um impacto positivo. O atacante, que havia atuado pelo Glorioso na temporada passada, estava sem espaço no Fortaleza e acabou retornando ao clube em 2023. O camisa 27 protagonizou boas atuações em sua volta ao Rio de Janeiro e é bem quisto por Luís Castro.

O retorno de Eduardo também teve uma parcela de contribuição para evolução da equipe alvinegra. O meia retornou de lesão um pouco antes do início do Brasileirão e deu uma nova cara ao setor ofensivo.

DATA FIFA

O Botafogo agora terá uma pausa de dez dias para recarregar as energias e voltar ainda mais forte para reta final da temporada. O time espera manter a boa fase para conseguir comemorar grandes feitos no término do ano.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.