Futebol Cuca rechaça necessidade de compor o elenco do Santos e afirma estar 'fechado com os meninos'

Cuca rechaça necessidade de compor o elenco do Santos e afirma estar 'fechado com os meninos'

Categoria de base santista tem sido a solução para preencher o plantel principal do clube, que não pode receber o registro de novos atletas por conta de ações contrárias na Fifa

Lance
Lance

Lance

Lance

Após o empate em 1 a 1 com o Fortaleza, na Vila Belmiro, neste domingo (27), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Cuca afirmou que está contente com as peças que tem à disposição no elenco do Santos.

Proibido de registar novos jogadores desde março, quando o treinador ainda nem estava no clube, por conta de ações contra o Peixe na Fifa, pela ausência de pagamento ao Hamburgo (ALE) e Huachipato (CHI), em transações que hoje chegam a aproximadamente R$ 50 milhões, e sem perspectiva de quitação desses débitos, o técnico tem explorado os atletas da base santista, no qual diz ter abraçado.

– Eu tô contente com o que tenho. Tenho esses meninos aí, tô fechado com eles. Não adianta ficar falando aqui que não tem isso, não tem aquilo, até porque não pode contratar, então não vai resolver nossa vida. Meu grupo é esse aí e tá bom – pontuou em entrevista coletiva virtual após o duelo contra o Leão do Pici.

Na expectativa de se livrar de uma das pendências financeiras, com o Hambuego (ALE), que foi criada em 2017, pela contratação do zagueiro Cléber Reis, atualmente emprestado à Ponte Preta, ainda na gestão que antecedeu a atual, presidida por Modesto Roma Júnior, o Alvinegro adiantou conversas com jogadores para reforçar o elenco, se frustrando após o Huachipato (CHI) homologar uma segunda ação contra o Peixe, alegando o não pagamento dos santistas pela aquisição de Soteldo no início do ano passado, dando ao Alvinegro 45 dias para não sofrer um bloqueio de três janelas de transferência sem poder contratar.

Elias, que já treinava no CT Rei Pelé, acertou com o Bahia, já nomes como Matheuzinho, Cazares e Renato Kayzer, que estavam no radar, acertaram com outras equipes. O único que segue aguardando a resolução dos casos é o zagueiro Laércio, destaque do Caxias no vice-campeonato gaúcho deste ano, e que bancou, junto ao seu estafe, a sua multa rescisória para vir gratuitamente ao Santos. O defensor esta na Baixada Santista há duas semanas e espera o Peixe “arrumar a casa" para formalizar a vinda.

Enquanto isso, em um elenco santista com 31 jogadores, 17 são frutos da base, o que significa 54% do plantel. Desses, 11 subiram ao time principal nas últimas três temporadas e estão conquistando os seus espaços gradativamente.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini

Últimas