Cuca admite poupar jogadores: 'Hoje foram alguns e amanhã serão outros'

Técnico santista fez uma analogia para explicar o motivo de poupar parte dos titulares na vitória diante do Ceará, neste sábado, fora de casa. Questão física deve ser fator primordial

Lance

Lance

Lance

O Santos venceu o Ceará neste sábado, por 1 a 0, no Castelão, com alguns titulares poupados. Sánchez e Soteldo, por exemplo, foram alguns do time titular que começaram a partida no banco. Perguntado sobre o tema na entrevista coletiva, o técnico Cuca fez uma analogia da questão física dos jogadores com a manutenção de um automóvel.

- Jogador não é um carro, precisa de tanque cheio, uma certa quantia de gasolina. Se você não fizer um pit stop ninguém aguenta. Hoje foi uns e amanhã serão outros. Vamos acreditar na força dos meninos. Metade do time feito em casa, isso é bom, é satisfatório - disse o comandante.

Com uma série de partidas quarta e domingo, o departamento médico santista mostra preocupação com a parte física dos atletas, principalmente por conta das longas viagens. Cuca comentou sobre o tema.

- Não é poupar, é pensar no amanhã. São dois jogos por semana, viajamos o dia inteiro, campo pesado, calor. Natural sentir um pouco no segundo tempo. Dois times acabaram com nove, mais desgaste ainda - finalizou.