Futebol Cruzeiro perde do Juventude e não tem mais chances de subir à Série A

Cruzeiro perde do Juventude e não tem mais chances de subir à Série A

Time mineiro esteve mais uma vez numa jornada sem força ofensiva e já não tem nenhuma chance matemática de acesso

Lance
Cruzeiro fez mais um jogo ruim. Continuará na Série B na próxima temporada

Cruzeiro fez mais um jogo ruim. Continuará na Série B na próxima temporada

Lance

O Cruzeiro foi derrotado mais uma vez, desta vez pelo Juventude, que superou a Raposa por 1 a 0, gol de Rafael Grampola, de pênalti, neste sábado (16), em Caxias do Sul, pela 35ª rodada da Série B.

Com o resultado, a equipe gaúcha entrou no G-4, chegando aos 53 pontos, e segue firme na luta pelo acesso, restando apenas três jogos e nove pontos em disputa.

Ao time mineiro, que está caminhando para um fim melancólico de temporada, resta apenas terminar o campeonato de forma digna. O time celeste está com 44 pontos e precisa afastar o pequeno risco de rebaixamento para iniciar seu planejamento.

Raposa em 'fim de festa' melancólico
O ritmo do Cruzeiro no primeiro tempo foi de fim de festa, mas sem a euforia do objetivo conquistado. E sim, um término melancólico, sem energia e forças para conseguir incomodar o adversário. Pelos lados do Juventude, a atitude era outra. De quem ainda tem chances reais de acesso. Logo, a equipe gaúcha se empenhou mais e saiu de campo na etapa inicial vitoriosa.

O pênalti marcado foi correto. Com a desvantagem no placar, o Cruzeiro até esboçava uma reação, mas como sempre, faltava qualidade e um jogo coletivo eficiente.

Juventude estava menos 'incompetente' no jogo
O time do técnico Pintado não fazia uma grande exibição. Falhava no último passe diante de um Cruzeiro frágil, sem forças para reagir. A equipe gaúcha errou um pouco menos do que a Raposa na partida, por isso tinha a vantagem no placar, o que lhe valeu o retorno ao G-4.

Pottker: outra decepção na temporada
Jogador pedido diretamente por Felipão, o atacante não justificou o esforço pela sua contratação. A cada tentativa de jogada individual, nenhum resultado prático. A única boa ação contra o Juventude foi uma bola na trave. Pouco, para quem prometia mais na Série B.

Jogar para terminar a Série B com dignidade
Ainda com risco de queda, muito pequeno, mas existe, resta ao Cruzeiro encerrar sua primeira participação na segunda divisão da melhor forma possível para dar um alento ao seu torcedor, o único que sofreu de verdade na temporada pelas trapalhadas dentro e fora de campo.

Próximos jogos
O Cruzeiro volta a campo no Independência, no dia 20 de janeiro, quarta-feira, às 21h30, contra o Operário. Já o Juventude terá pela frente o Avaí, na terça-feira, 19, às 19h15, na Ressacada, em Florianópolis.

JUVENTUDE 1 X 0 CRUZEIRO
Data e horário: 16/01/2021, às 19H
​Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr.(PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Cartões amarelos: Airton(CRU), Rafael Sobis (CRU), Eltinho (JUV), Emerson(JUV), Neto (JUV)
Gol: Rafael Grampola (pênalti), aos 21’-1ºT(1-0)
JUVENTUDE (Técnico: Pintado): Marcelo Carné; Igor, Wellington (Augusto, aos 8’-1ºT), Emerson e Eltinho; Gabriel Bispo, Gustavo Bochecha, Renato Cajá(Neto, aos 21’-2ºT), Capixaba(Matheusinho, aos 46’-1ºT), Rogério (Roberto-intervalo) e Rafael Grampola (Everton, aos 21’-2ºT)
CRUZEIRO (Técnico: Luiz Felipe Scolari): Fábio; Raúl Cáceres, Ramon, Manoel e Matheus Pereira (Rafael Luiz-intervalo); Adriano, Filipe Machado (Jadson, aos 48’-2ºT) e Giovanni(Wellinton, aos 44’-2ºT); Airton(Marcelo Moreno, aos 33’-2ºT), Willian Pottker e Rafael Sobis

Ex da mãe de Neymar foge de clínica e tenta suicídio, garante colunista

Últimas