Futebol Cristiano Ronaldo e Juventus são alvos de investigação na Itália

Cristiano Ronaldo e Juventus são alvos de investigação na Itália

Clube é acusado de falsificar balanços financeiros

Lance
Lance

Lance

Lance

A Juventus está sendo investigada por "documentos secretos" assinados por Cristiano Ronaldo em que o clube promete ao atleta um salário de cerca de 20 milhões de euros (R$ 105 milhões) durante a pandemia, segundo a imprensa italiana.

Na época, a Velha Senhora havia anunciado uma redução salarial por um período de quatro meses por conta da Covid-19. Os investigadores estão tentando provar que isso não aconteceu e que a equipe de Turim falsificou seus balanços entre 2019 e 2021.

> Veja a tabela da Champions League

O acordo da Juventus com 17 atletas do elenco foi comunicado a Lega Serie A, organizadora do Campeonato Italiano. A economia girou em torno de 62 milhões de euros (R$ 327 milhões), mas os documentos assegurando o pagamento aos jogadores anularia o efeito positivo dos cortes, segundo os investigadores.

Na última segunda-feira, o portal "La Stampa" havia publicado que Cristiano Ronaldo teria se recusado a dar uma declaração sobre o tema. Enquanto isso, a Juventus se defende e afirma que respeita as leis.

Últimas