Futebol Crespo comenta expulsão de Benítez na vitória do São Paulo: 'Gostaria de perguntar o que ele fez de grave'

Crespo comenta expulsão de Benítez na vitória do São Paulo: 'Gostaria de perguntar o que ele fez de grave'

Treinador falou sobre lance confuso que aconteceu na segunda etapa da vitória sobre o Athletico-PR, por 2 a 1, na Arena da Baixada 

Lance
Lance

Lance

Lance

A polêmica expulsão de Martín Benítez foi tema da entrevista coletiva do técnico Hernán Crespo após a vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o Athletico-PR, na Arena da Baixada. O meia argentino foi expulso fora do campo após uma confusão com o meia Terans na batida de um escanteio para o Furacão.

Se recusando a sair de campo, Benítez 'promoveu' uma confusão que parou a partida por praticamente cinco minutos. Ao ser perguntado sobre o lance, o técnico Crespo disse que não entendeu o que aconteceu e conversaria com o jogador para saber os fatos.

- Essas situações são eventuais, não acontece normalmente. Aconteceu. Acredito que não quero justificar o ato de Rigoni, mas todo o Brasil sabe o motivo. Gostaria de perguntar ao Benítez o que ele fez de grave para receber o vermelho - disse o treinador.

ATUAÇÕES: Pablo vive noite de artilheiro e leva a maior nota na vitória do São Paulo contra o Athletico-PR

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Crespo também reclamou de uma possível falta de critério nas decisões do árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima, já que o zagueiro Thiago Heleno, capitão do Athletico, segurou no braço do juiz ao reclamar e não foi expulso.

- Eu vi no segundo tempo uma atitude dentro de campo do capitão do Athletico-PR com o árbitro, cara a cara, pegando na mão dele para não receber o cartão. Imagino que o Benítez fez algo muito mais grave que um cara a cara com o árbitro, uma pegada na mão do árbitro - finalizou.

Essa foi a segunda expulsão seguida do São Paulo no Campeonato Brasileiro por um ato de indisciplina. Na rodada passada, contra o Palmeiras, Rigoni foi expulso após xingar o árbitro Luiz Flavio de Oliveira depois da anulação de um gol do Tricolor.

Últimas