Futebol Crespo afirma que não demorou para mexer na equipe e fala sobre físico de Calleri: '15 minutos está bem'

Crespo afirma que não demorou para mexer na equipe e fala sobre físico de Calleri: '15 minutos está bem'

Treinador discordou sobre o tempo que levou para colocar o argentino na equipe e explicou que Calleri recebeu poucos minutos devido à suas condições atléticas

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo empatou em 0 a 0 com o América-MG, no Morumbi, nesta quarta-feira (22). Em uma partida ruim do Tricolor, Crespo realizou alterações na metade e no final do segundo tempo. Com isso, o treinador foi questionado sobre uma possível 'demora' nas alterações. Para o argentino, o momento das alterações foi correto.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

Perguntado sobre o tempo que esperou para colocar o atacante Jonathan Calleri em campo, o técnico ficou insatisfeito com o repórter pelo uso da palavra 'demora'. O técnico apontou a questão física do camisa 30 como o motivo para deixá-lo em campo nos minutos finais.

- A primeira coisa é: não concordo com você, com a premissa que demorei. Infelizmente você não pode vir aos treinos para ver a condição atlética de Calleri. A informação, se eu posso te passar, é que ele não joga desde abril. Cinco meses sem jogar, quinze dias com a gente, jogou quinze minutos domingo. Então, acredito que quinze minutos está bem, para não arriscar ele de ficar lesionado - comentou Crespo.

Em sua explicação, o argentino apontou que ainda precisa de tempo para que o atacante volte a jogar em sua melhor condição, mas reforçou que a comissão espera muito do atleta.

- Não é o salvador da pátria e não está em condições, neste momento, de jogar como titular. Ele precisa de tempo, vamos ver o tempo que precisamos para que possa voltar a fazer o que esperamos dele, e esperamos muito, mas a palavra 'demorar', não estou de acordo - afirmou.

Crespo se referiu, ainda, ao atacante Marquinhos, que também entrou ao decorrer da segunda etapa, mas recebeu mais minutos em campo. O jovem retornou de lesão.

- Estou com Marquinhos, que voltou depois de 50 dias. Claramente não posso esperar que seja o Marquinhos de 50 dias atrás, mas deve começar a jogar. Então, um por uma coisa e outro por outra coisa, sempre estamos atrás de situações físicas complicadas, mas temos que ter a paciência para que esses grandes jogadores possam voltar ao 'top' - concluiu Crespo.

Últimas