Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Courtois se pronuncia após polêmica com treinador da Bélgica: 'Estou muito desapontado'

Goleiro abandonou seleção antes de jogo das Eliminatórias para a Eurocopa

Futebol|

Lance
Lance Lance

A seleção da Bélgica visita a Estônia nesta terça-feira em jogo válido pela quarta rodada das Eliminatórias para a Eurocopa. Porém, antes do duelo, o goleiro Courtois se envolveu em uma polêmica com o treinador Domenico Tedesco. Courtois abandonou a equipe, tendo uma lesão alegada por seu pai, mas Tedesco desmentiu a história e afirmou que o problema ocorreu devido a uma opção sua em nomear Lukaku como capitão para um jogo e o arqueiro para outro nesta Data Fifa.

Na versão do comandante, Courtois não concordou com a decisão e se sentiu desrespeitado pelo treinador, querendo a braçadeira nos dois jogos. O dono do posto, Kevin De Bruyne, se lesionou na final da Champions e não pôde ser convocado. Na noite da última segunda-feira (19), em comunicado, o goleiro explicou a situação e afirmou estar desapontado com Tedesco.

- Na tarde de hoje, fiquei surpreso de escutar a coletiva do treinador, na qual ele explanou uma parte subjetiva e parcial de uma conversa privada. Quero deixar claro que esta não é a primeira nem a última vez que eu converso com um treinador sobre problemas de vestiário, mas é a primeira que alguém decide levar isso a público. Estou amplamente desapontado com isso, mas quero deixar claro que as falas do treinador não condizem com a verdade. Na conversa, eu pedi a ele que me explicasse e tomasse decisões a fim de evitar situações que no passado nos afrontaram. Ser ou não ser capitão não é uma decisão aleatória ou um capricho, deve ser decisão dele e foi o que pedi, mas ele não captou meu propósito - afirmou o arqueiro.

A statement regarding the Red Devilshttps://t.co/vV3TqBbZEKpic.twitter.com/2rFzCa6TEH— Thibaut Courtois (@thibautcourtois) June 19, 2023

Publicidade

- Insisto que em nenhum caso eu fiz demanda de algo e conversei com meu companheiro Romelu Lukaku para esclarecer as circunstâncias da situação. Ao mesmo tempo, não discuti com nenhum companheiro meu sobre algo desta natureza. Além disso, no domingo à tarde passei por um check-up no meu joelho direito. A equipe médica do Real Madrid e minha seleção estiveram em contato e revisaram todo o material, tomando a decisão de que eu deveria deixar o campo de treinamento devido à lesão - completou Courtois.

+ Saiba a ficha técnica, onde assistir e prováveis escalações de Estônia x Bélgica

Em meio a mais uma polêmica de vestiário, os Diabos Vermelhos viajam a Tallinn para encarar a Estônia nesta terça, às 15h45 (horário de Brasília), querendo encostar na liderança, que pertence à Áustria de Ralf Rangnick.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.