Futebol Corinthians prevê fechar 2023 com o maior superávit da era Duílio

Corinthians prevê fechar 2023 com o maior superávit da era Duílio

Resultado é embalado pela previsão de uma receita bruta recorde para o Alvinegro no ano

Lance

Documento apresentado aos conselheiros do Corinthians pela atual diretoria prevê que o clube encerre 2023 com superávit líquido de R$20,4 milhões, marca mais alta registrada nos três anos da gestão do presidente Duílio Monteiro Alves.

➡️ Tudo sobre o Timão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Corinthians

De acordo com o relatório, que faz parte da previsão orçamentária para 2024, em 2022, o superávit foi de R$15,4 milhões. Em 2021, o clube tinha fechado no azul em R$5,7 milhões. O orçamento, aprovado pelo Conselho Deliberativo na última sexta (15), projeta para 2024 marca superavitária de R$7 milhões.

O superávit esperado ao final de 2023 é embalado pela previsão de uma receita bruta recorde para o Alvinegro no ano: R$ 954,5 milhões. Esse valor foi alcançado com a ajuda de R$ 240 milhões arrecadados com a negociação de direitos federativos de atletas. Essas operações, porém, tiveram custos de R$ 64,1 milhões.

No ano passado, a receita com repasses de direitos federativos foi de R$ 146,4 milhões com custos de R$ 42 milhões. Em 2021, tinham sido arrecadados com essas operações R$28,2 milhões. Na ocasião, foi apurado custo de R$900 mil. Além de obter superávit, Duilio prevê encerrar sua gestão com redução de R$ 109,2 milhões da dívida corintiana

O orçamento para 2024, quando começa a gestão do presidente eleito Augusto Melo, prevê que o Corinthians terá receita de R$816,6 milhões.

Últimas