Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Corinthians precisa apelar à Conmebol para ter Danilo na Libertadores; Lázaro é opção em caso de negativa

Treinador interino do Timão não tem o certificado necessário para dirigir a equipe em competições continentais

Futebol|

Lance
Lance Lance

O Corinthians terá que pedir solicitação à Conmebol para ter o técnico interino Danilo Andrade à frente da equipe contra o Independiente del Valle, do Equador, nesta terça-feira (2), pela Libertadores. Isso porque ele não tem a licença PRO da CBF, mínimo exigido para que profissionais comandem alguma equipe na competição continental.

O Timão deve encaminhar esse pedido de autorização à entidade máxima do futebol sul-americano ainda nesta segunda-feira (1º) e mesmo se liberado, terá que pagar uma multa para a instituição (não há informação em relação ao valor). Danilo, por enquanto, tem a licença B. Entre a credencial atual dele e a necessária para trabalhar em torneios da Conmebol, ele precisaria primeiramente fazer o curso para tirar a licença A da CBF.

+ Saiba os 20 clubes das Américas que receberam mais interações no Twitter em março

Caso receba uma negativa, Fernando Lázaro é quem vai dirigir o Timão neste meio de semana. Lázaro era o técnico efetivo do Corinthians até o último dia 19 de abril, quando foi remanejado do cargo justamente após uma derrota na Liberta, contra o Argentinos Juniors. Ele não foi demitido, mas passou a ser auxiliar da comissão permanente do clube alvinegro.

Publicidade

Lázaro também não tem a licença PRO, mas pôde dirigir o Corinthians nas duas primeiras rodadas da Libertadores porque se matriculou no curso no início deste ano. Então, a Conmebol abriu uma exceção para o profissional alegando ‘boa fé’ e que ele tiraria a certificação até o fim desta temporada.

Enquanto isso, a diretoria corintiana está em busca de novo treinador. Tite e Mano Menezes recusaram as ofertas do clube, que chegou a iniciar uma negociação com Róger Machado, mas recuou, por conta da repercussão negativa. Há uma frente no clube que deseja a contratação de Vanderlei Luxemburgo, mas o nome possui a desconfiança do presidente Duílio Monteiro Alves.

O departamento de futebol do Corinthians quer um pouco mais de tempo para buscar uma opção que tenha uma aprovação maior. Antes descartada, a opção por técnicos estrangeiros hoje é uma realidade. Nos últimos dias alguns nomes internacionais foram consultados, mas considerados caros pela diretoria alvinegra.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.