Futebol Corinthians parabeniza Tevez pelos 37 anos e relembra curiosidade do primeiro gol do argentino no clube

Corinthians parabeniza Tevez pelos 37 anos e relembra curiosidade do primeiro gol do argentino no clube

Atacante atuou no Timão por uma temporada e meia e foi o grande nome do quarto título nacional. Em 2005, marcou seu primeiro gol pelo Alvinegro em seu aniversário de 21 anos

Lance
Lance

Lance

Lance

Um dos grandes ídolos recentes da história do Corinthians, o atacante Carlitos Tevez faz aniversário nesta sexta-feira. O ex-camisa 10 alvinegro completa 37 anos de idade e o Timão celebrou o aniversário do argentino nas redes sociais.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Saiba os próximos jogos do Corinthians e de seus concorrentes pela Liberta

Tevez foi o líder da equipe corintiana que conquistou o tetracampeonato brasileiro em 2005. Naquela campanha, marcou 20 gols e foi eleito o melhor jogador do Brasileirão. Ele foi contratado junto ao Boca Juniors-ARG com a ajuda da MSI, fundo de investimento que foi parceiro do clube naquela década.

Conhecido por aliar raça e técnica em grandes doses, Carlitos se tornou ídolo instantâneo da Fiel mesmo jogando por apenas um ano e meio com a camisa do Corinthians, apresentando uma postura de humildade e muita determinação. O argentino é o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do clube do Parque São Jorge, com 46 gols em 78 jogos entre 2005 e 2006.

Primeiro gol no dia do aniversário

E o primeiro ponto de emoção de Tevez com a camisa alvinegra veio logo no dia do seu aniversário de 21 anos. Em sua terceira partida com a camisa alvinegra, o atacante entrou em campo e balançou a rede contra a Inter de Limeira pelo Campeonato Paulista de 2005, justamente no dia 5 de fevereiro.

Tevez fez o segundo gol da vitória por 2 a 0, em um sábado de Carnaval. Após receber passe de Dinelson, Carlitos dominou e girou chutando. Ao comemorar, o argentino dançou a cumbia pela primeira vez no Timão, cena que se tornaria característica nas partidas seguintes, uma marca de boa parte dos seus gols inclusive na carreira pós-Timão, Ele deixou o clube em agosto de 2006.

Últimas