Futebol Corinthians é condenado a pagar R$ 14 milhões a Jucilei em 18 parcelas

Corinthians é condenado a pagar R$ 14 milhões a Jucilei em 18 parcelas

Volante entrou com processo em 2013, mas conclusão saiu no início deste mês. Decisão não cabe recursos e Timão pagará valor em 18 vezes

Lance
Jucilei defendeu o Corinthians de 2009 a 2011

Jucilei defendeu o Corinthians de 2009 a 2011

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Os problemas financeiros do Corinthians parecem não ter fim. Desta vez o agravante vem de uma condenação na Justiça, em processo trabalhista movido pelo volante Jucilei, que deixou o clube em 2011. O juiz determinou que o volante vai ter de receber R$ 14 milhões do time paulista.

A ação foi movida por Jucilei em 2013, ainda na gestão Mário Gobbi. Os pedidos eram referentes ao período em que jogou no Timão, entre 2009 e 2011, e envolviam direito de imagem e valores de rescisão de contrato no ato de sua venda ao Anzhi-RUS, clube que pagou cerca de 10 milhões de euros, na época.

O despacho do processo foi feito no início deste mês e não permite mais recursos ao Corinthians. Com isso, o clube terá de pagar os R$ 14 milhões, mas o cllube conseguiu parcelar a dívida em 18 vezes (R$ 778 mil cada uma). O primeiro pagamento terá de ser feito ainda neste mês de junho.

Atualmente, Jucilei está livre no mercado após rescindir contrato com o São Paulo, em fevereiro deste ano. Pelo Corinthians, o volante disputou 99 jogos oficiais e marcou seis gols, além de chegar a ser convocado pela seleção.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Gênios! Confira melhores camisas 10 do futebol brasileiro no século 21

Últimas