Futebol Corinthians deseja iniciar o Paulistão com 54 mil lugares na Neo Química Arena; veja os planos para expansão

Corinthians deseja iniciar o Paulistão com 54 mil lugares na Neo Química Arena; veja os planos para expansão

Timão pretende aumentar em 12% a capacidade de Itaquera visando o início da temporada

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians trabalha para estrear no Paulistão, no dia 21 de janeiro, com 54 mil lugares disponíveis na Neo Química Arena. A expansão do estádio é uma das metas de campanha de Augusto Melo. Atualmente, a capacidade máxima é de 48.234 pessoas

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Dias após ser eleito presidente do Timão, Augusto Melo se reuniu com Ricardo Corregio, engenheiro da Neo Química Arena, e lideranças das torcidas organizadas para debater o projeto. O plano é retirar as cadeiras do setor sul e de parte dos lugares das arquibancadas oeste e leste.

- A ideia é o setor Norte, destinado às organizadas, pegando um bloco do setor Oeste e Leste. O mesmo se aplicaria para o Setor Sul, com a remoção das cadeiras e destinando todo o espaço para a torcida do Corinthians. Dessa forma, o setor Sul também teria os mesmos preços populares do setor Norte, e os torcedores visitantes passariam a ocupar parte da Leste Superior - revelou Augusto durante sua posse.

A diretoria se movimenta nos bastidores para viabilizar o projeto e obter aprovação dos órgãos públicos (Corpo de Bombeiros, Prefeitura e Polícia Militar) para iniciar as construções.

+ Veja como ficou a tabela do Brasileirão após a última rodada

- Se Deus quiser, o Corinthians estreia no Paulista com aumento de capacidade e até julho mandaremos visitante para o setor Oeste. Ou seja, o Corinthians já abre a Arena com 54 mil lugares, com 6 mil lugares a mais que terão ingressos populares. Isso já é um ato nosso de ampliação - comentou Augusto.

Uma ideia a longo prazo é a construção de novas arquibancadas, aumentando ainda mais a capacidade da Neo Química Arena. Augusto Melo busca um investidor externo para custear as obras, e o plano da nova diretoria é que a Neo Química Arena tenha 70 mil lugares.

Últimas