Futebol Corinthians cruza 120 vezes em três jogos contra o Atlético-GO e Sylvinho diz: 'Estamos buscando essa correção'

Corinthians cruza 120 vezes em três jogos contra o Atlético-GO e Sylvinho diz: 'Estamos buscando essa correção'

Na última quarta-feira, Timão fez 50 cruzamentos e teve eficiência de apenas 12% neles. Alternativa tem sido utilizada mesmo sem atuar com um centroavante como referência

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians ainda está digerindo sua eliminação na Copa do Brasil e os motivos pelos quais não conseguiu vencer e marcar gols diante do Atlético-GO, mas certamente esse entendimento vai começar pelo enorme número de cruzamentos para a área nas três partidas em que atuou contra os goianos. Segundo Sylvinho, isso já tem sido corrigido nos treinamentos.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre o desempenho do Corinthians no Brasileirão por pontos corridos

Ao todo, nesses três duelos diante do Dragão, o Timão cruzou 120 vezes, sendo que a maioria delas foi com a equipe atuando sem um centroavante. Dessas tentativas, apenas 16 encontraram um destino, mas nenhuma resultou em gol. Mesmo com o fraco poder ofensivo corintiano, essas estatísticas fornecidas pelo Footstats mostram que há um exagero nessa alternativa de jogo.

Confira os números citados acima (via Footstats):

Corinthians contra o Atlético-GO
Brasileirão - 33 cruzamentos/3 certos - 9,1% de eficiência
Copa do Brasil (ida) - 37 cruzamentos/7 certos - 18,9% de eficiência
Copa do Brasil (volta) - 50 cruzamentos/6 certos - 12% de eficiência

Corinthians em outros torneios em 2021
Média de Cruzamentos do Corinthians no Paulistão: 21,4 por jogo
Média de Cruzamentos do Corinthians na Sul-Americana: 25,3 por jogo
Média de Cruzamentos do Corinthians contra o Atlético-GO: 40 por jogo

Em entrevista coletiva após a partida da última quarta-feira, Sylvinho disse estar ciente de que há um descompasso nesse número de cruzamentos, principalmente jogando sem centroavante, mas garantiu que está buscando essa correção nos treinamentos. A intenção é que essas bolas sejam rasteiras.

- Nós estamos buscando essa correção de cruzamentos. Buscamos situações de cruzamentos mais baixos, passando pela área, cruzamento que vinha para trás, dado que, evidentemente, o time é de estatura baixa e sem centroavante de referência, então é parte dos treinamentos da parte ofensiva - explicou o treinador alvinegro antes de completar:

- Como comportamento temos buscado tirar os cruzamentos, que estão excessivos e mais que esses cruzamentos altos, que não interessam em nada, o mais baixo é o que a gente fomenta, está correto, estamos corrigindo para trabalhar combinações de jogadas melhores a ter chutes a gol e diminuir os cruzamentos excessivos. A correção já é para que o cruzamento venha por baixo - concluiu Sylvinho.

As primeiras amostras do resultado dessas correções podem ser vistas neste sábado, às 19h, quando o Corinthians vai até o Allianz Parque para enfrentar o Palmeiras, pela terceira rodada do Brasileirão-2021. Será o quarto Dérbi em cerca de cinco meses. Ambos os times vêm de eliminações na Copa do Brasil. Timão ainda não venceu o rival em 2021: são três derrotas e um empate.

Últimas