Futebol Contra o Botafogo, Fluminense inicia período de ajustes até a final da Libertadores; veja agenda e desafios

Contra o Botafogo, Fluminense inicia período de ajustes até a final da Libertadores; veja agenda e desafios

Clássico será primeiro de seis jogos do Tricolor até decisão contra o Boca Juniors

Lance
Lance

Lance

Lance

A contagem regressiva está aberta: 27 dias separam o Fluminense do sonho da Glória Eterna. Antes de encarar o Boca Juniors, no entanto, o time de Fernando Diniz tem agenda cheia no Brasileirão e desafios para chegar à decisão nas melhores condições.
O primeiro compromisso é o clássico contra o Botafogo, às 16h deste domingo (8), no Maracanã. A partida é válida pela 26ª rodada do Brasileirão e tem relação direta com a parte de cima da tabela.
+ Transforme sua paixão pelo futebol em profissão. Descubra o caminho com o curso Gestor de Futebol!

Abaixo, o Lance! apresenta a agenda tricolor e os cinco principais desafois do time até a final da Libertadores.

1. G4 do Brasileirão

Sexto colocado do Brasileiro, com 41 pontos, o Fluminense tem a missão de se manter próximo ao G4 para garantir uma vaga na próxima Libertadores, independentemente do resultado da decisão contra o Boca Juniors.
De acordo com os dados da UFMG, o time de Fernando Diniz tem 54,9% de chance de conseguir se classificar via Brasileirão.
+ Confira a tabela e a classificação atualizada do Brasileirão

2. Data Fifa sem Fernando Diniz

Logo depois do clássico com o Botafogo, o Fluminense terá um período de 10 dias sem Fernando Diniz. O treinador estará a serviço da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo.
Em setembro, Diniz levou com ele a própria comissão técnica, e o elenco tricolor foi comandado por Marcão. A tendência é que o cenário se repita agora em outubro.
+ Pelo Brasileirão, Fluminense confia em ‘fator Maracanã’ por primeira vitória sobre Botafogo em 2023

3. Elenco saudável e em ritmo de jogo

Um dos principais desafios do Fluminense é manter o elenco do Flamengo saudável até as finais. Para isso, a comissão de Diniz deve montar um planejamento específico para as próximas semanas, poupando os atletas mais desgastados. A missão é descansar quem precisa descansar, mas sem perder ritmo de jogo.


4. Recuperar futebol de Ganso

Um dos destaques do Fluminense em 2023, Ganso caiu de produção nas últimas semanas. Após período lesionado, teve atuação apagada nos dois jogos contra o Internacional. O meia precisa recuperar aquele futebol do primeiro semestre para aumentar as chances de título do Tricolor no Maracanã.
5. Laboratório para a grande decisão

Além da parte física, as próximas semanas serão cruciais para Diniz realizar testes e ajustes táticos. Alexsander seguirá como titular contra o Boca Juniors? Tem espaço para John Kennedy iniciar a decisão entre os 11 ou apenas no segundo tempo?

Últimas