Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Conmebol divulga áudio do VAR sobre o lance de gol do Flamengo sobre o Corinthians

Arrascaeta abriu o placar da partida após a bola ter batido no braço de João Gomes dentro da área. Jogada foi considerada normal

Futebol|Do R7

Bola pega no braço de João Gomes antes de sobrar para Arrascaeta
Bola pega no braço de João Gomes antes de sobrar para Arrascaeta Bola pega no braço de João Gomes antes de sobrar para Arrascaeta

A Conmebol divulgou o áudio do VAR do polêmico lance do gol do Flamengo sobre o Corinthians na última terça-feira. Aos 36 minutos do primeiro tempo, Cantillo tentou sair jogando, a bola se desviou em Arrascaeta, bateu no braço de João Gomes e voltou para o uruguaio, que marcou um belo gol para inaugurar a partida.

No campo, o árbitro Patrício Loustau assinalou o gol, enquanto Germán Delfino, responsável pelo VAR, confirmou o tento rubro-negro. No áudio, é possível ouvir a equipe afirmando que o braço de João Gomes estava em posição natural e que não havia "iminência" de gol, pois Arrascaeta foi o responsável por balançar as redes.

Com a determinação que está valendo no futebol mundial desde junho de 2021, se o toque acidental na mão de um atleta gerar uma assistência para outro atacante que venha a fazer o gol, o lance será legal.

Anteriormente a essa mudança, a regra dizia que o toque de mão involuntário no ataque deveria ser assinalado como falta caso levasse diretamente a um gol ou a uma "ocasião manifesta de gol".

Publicidade

As atuais orientações da International Board determinam que a bola na mão será considerada infração nas seguintes situações:

- se o jogador tocar a bola deliberadamente com a mão ou o braço, movendo a mão ou o braço em direção à bola;

Publicidade

Leia também

- se tocar a bola com a mão ou com o braço quando a mão ou o braço estiver em posição antinatural e com isso ampliando o espaço do corpo. Por ter a mão ou o braço em tal posição, o jogador corre o risco de a mão ou o braço ser atingido pela bola e ser penalizado;

- se fizer um gol na equipe adversária imediatamente após a bola tocar em sua mão ou braço mesmo que acidentalmente.

Cursinho da arbitragem da CBF tem aulas no campo e na cabine do VAR

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.