Futebol Conmebol anuncia que Colômbia não será mais sede da Copa América

Conmebol anuncia que Colômbia não será mais sede da Copa América

País vem presenciando diversos protestos políticos e há forte repressão policial, o que causa conflitos e inviabiliza a disputa do torneio

Lance
Lance

Lance

Lance

O martelo está batido. Como já era esperado, a Colômbia não vai mais ser uma das sedes da próxima edição da Copa América. O anúncio foi feito pela Conmebol nesta quinta-feira. Os diversos protestos políticos que vêm sendo realizados no país foram decisivos para a mudança de planos. Os manifestantes vêm enfrentando uma forte repressão policial, e a tensão é grande nas ruas.

A competição está marcada para começar no dia 13 de junho, em Buenos Aires (ARG). O torneio teria duas sedes, mas, com a mudança, deve ficar apenas na Argentina. A Conmebol, no entanto, ainda vai divulgar mais informações sobre os locais que vão receber os jogos que estavam marcados inicialmente para ocorrerem na Colômbia.

De acordo com o comunicado divulgado pela Conmebol, a Colômbia chegou a pedir o adiamento da Copa América para novembro. Contudo, a entidade do futebol sul-americano não aceitou.

A Seleção Brasileira disputaria a primeira fase do torneio na Colômbia. Agora, a Canarinho aguarda as definições da Conmebol.

Atualmente, a Argentina enfrenta um aumento no número de casos de Covid-19, em um momento que é apontado como uma segunda onda da doença no país. As autoridades já anunciaram novas medidas de restrições. Resta saber se a Copa América poderá ser realizada como espera a Conmebol.

Últimas