Futebol Confira quem pode fazer a diferença para o Corinthians no início de 2021

Confira quem pode fazer a diferença para o Corinthians no início de 2021

Em nono no Campeonato Brasileiro, o Timão inicia 2021 com a meta de conseguir uma vaga para a próxima Libertadores e conta com jogadores em boa fase para alegrar a torcida

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians terminou 2020 de maneira positiva. Nos últimos três jogos no ano, o Timão venceu todos, e fez o torcedor esquecer a zona do rebaixamento pelo sonho de uma vaga na Libertadores.

Confira quem são os maiores artilheiros do Corinthians nesta década

No momento, o Alvinegro ocupa o nono lugar no Campeonato Brasileiro, com 39 pontos, seis atrás do Palmeiras, primeiro time no G6, zona de classificação para a Libertadores. Ainda, a equipe está sem perder há seis jogos no campeonato e sofreu apenas um gol nesse período.

A evolução do time passa por diversos fatores, e um dos principais é o técnico. Mancini chegou cheio de desconfiança. Teve dificuldades no começo, mas conseguiu dar um padrão de jogo a equipe, que passou a ter a obediência tática como um de seus pontos fortes.

Após a vitória sobre o Botafogo, o treinador chegou a 66,6% de aproveitamento pelo Corinthians na Série A, elevando a equipe de patamar na competição e mostrando ser capaz de construir um bom trabalho em uma das maiores equipe do país.

VEJA A TABELA E SIMULE O RESTANTE DO BRASILEIRÃO

Fábio Santos também foi importante para o Timão em 2020 e deve seguir sendo nos próximos meses. O experiente atleta, que fez história no clube entre 2011 e 2015, veio do Atlético-MG desacredito. No entanto, provou não apenas ser um líder no vestiário, como também arrumou o problema da lateral-esquerdo do time, já que Sidcley foi afastado e Lucas Piton não se firmou.

No meio, Gabriel passou por um período de crítica ao longo do ano, ficou um tempo no banco de reservas, e agora é um dos pilares da equipe. O volante, que até novembro tinha a maior média de cartões do Timão em 2020, está há 630 minutos sem cartões.

Além dessa marca, o atleta participa mais das jogadas ofensivas e não fica preso na defesa.

– O sistema de jogo vem me ajudando a ter mais liberdade de chegar na frente. Estou tendo mais de uma função no jogo, não só atacar marcando, com a parte defensiva, mas de construir e, se tiver liberdade de passar a linha do meio, chegar bem. - disse o atleta na última entrevista coletiva do ano.

Na frente, Cazares roubou a vaga de Luan e mostrou ser capaz de exercer o papel de camisa 10. O equatoriano é o líder isolado em assistências (4) do Timão, com apenas 13 jogos, e marcou seu primeiro gol pelo clube na vitória por 2 a 0 contra o Botafogo.

Agora, o Corinthians se reapresenta no dia 4 de janeiro e volta a campo contra o Fluminense, no dia 13 de janeiro, pela 29ª rodada do Brasileirão, na Neo Química Arena.

Últimas