Futebol Como o Fluminense pode jogar em 2024 com a chegada de Renato Augusto ao time de Fernando Diniz?

Como o Fluminense pode jogar em 2024 com a chegada de Renato Augusto ao time de Fernando Diniz?

Tricolor conta com duas contratações encaminhadas para a próxima temporada

Lance

Com as contratações de Renato Augusto e Antônio Carlos encaminhadas, o Fluminense começa desenhar um esboço do elenco de 2024. O Tricolor deve buscar outras peças no mercado para reforçar o plantel para defender o título da Libertadores.

Além disso, o clube dá como certas as saídas de André e Nino na próxima temporada, como Fernando Diniz já deixou escapar em algumas coletivas. A dupla é muito cobiçada por equipes da Europa e não devem disputar nem a Recopa Sul-Americana.

➡️ Tudo sobre o Tricolor agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Fluminense

➡️ Apesar das lesões no início de 2023, Renato Augusto teve melhor ano desde sua volta ao Corinthians

Embora outros reforços possam chegar, o Lance! faz uma simulação de como o Fluminense pode jogar em 2024 com os dois nomes que devem ser anunciados em breve. Mantendo a formação atual, o Time de Guerreiros pode se ver com Renato Augusto alternando a titularidade com Ganso, mas também jogando ao lado do camisa 10.

Na defesa, Antônio Carlos naturalmente assumiria a vaga deixada por Nino. Fernando Diniz também conta com Marlon, que realizará uma pré-temporada com seus companheiros pela primeira vez, e Manoel, que foi muito bem em 2022 e estará à disposição a partir de fevereiro para brigar por uma vaga.

No meio, André deixará um lugar vago no setor, o que gera algumas alternativas para o comandante mexer na equipe. Martinelli deve se manter no time titular, mas ganhar a companhia de Alexsander ao seu lado. Na frente, Renato Augusto pode fazer a função de armador alternando a função com Ganso.

No entanto, Fernando Diniz também tem a opção de utilizar o camisa 10 mais recuado, como fez em alguns momentos da temporada. Nos dois jogos contra o Olimpia e na partida de ida da semifinal contra o Internacional, Ganso atuou ao lado de André, enquanto o Fluminense entrou em campo com quatro atacantes.

Embora a equipe pudesse ganhar em técnica e criatividade, o Tricolor poderia perder em intensidade e mobilidade, uma vez que Renato Augusto está próximo de completar 36 anos, enquanto Ganso está com 34 anos.

O Fluminense não espera perder outras peças essenciais do elenco na janela de transferências de janeiro, embora Jhon Arias já tenha chamado a atenção do Zenit, da Rússia. A saída do colombiano não pode ser descartada, mas o entorno do atleta espera propostas mais interessantes para cogitar uma mudança.

E é com os novos reforços que o Time de Guerreiros espera se manter competitivo em busca do bicampeonato da Libertadores. Mas também para se manter como uma das melhores equipes no Campeonato Brasileiro.

Últimas