Com verba limitada, Tottenham irá atrás de atacante do rival de Londres

Olivier Giroud é a bola da vez da equipe de José Mourinho. Piatek e Willian José ficam fora do orçamento do clube após gastos com contratações de holandês e de Lo Celso

Lance

Lance

Lance

O Tottenham deverá voltar a olhar para Olivier Giroud, atacante do Chelsea, para repor a ausência de Harry Kane nesta temporada, devido a lesão do inglês. Tudo isso porque o mandatário do Spurs, Daniel Levy, liberou apenas 10 milhões de libras (cerca de R$ 54 milhões de reais), de acordo com o “The Sun”, para novas contratações devido ao acerto com o ponta holandês Bergwijn e a compra em definitivo do argentino Lo Celso.

Com isso, José Mourinho não poderá ir atrás de Piatek, pois o Milan estava pedindo 25 milhões de libras (R$ 136 milhões de reais), e nem do brasileiro Willian José, uma vez que a Real Sociedad cobrou 21 milhões de libras (R$ 114 milhões de reais) para a liberação do atleta. O francês virou a opção mais em conta no mercado e a desistência da Inter de Milão foi positiva para os londrinos que não terão concorrência.

O Tottenham está movimentando o mercado tanto com comprar, quanto com vendas. O time gastou 54 milhões de libras (R$ 294 milhões de reais) na aquisição dos dois reforços, além de ter vendido Eriksen para o futebol italiano. Desde a lesão de Kane, outros atacantes também foram especulados, como Llorente, mas a opção mais próxima no momento é que Giroud se transfira para o seu terceiro clube na capital da Inglaterra.