Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Com terceiro lugar no Mundial de Clubes, Flamengo fatura premiação milionária

Rubro-Negro supera o Al Ahly, do Egito, e termina o torneio na terceira colocação

Futebol|Do R7


Lance
Everton Ribeiro foi o capitão do Flamengo na partida contra o Al Ahly (Foto: AFP)

Ao vencer o Al Ahly, do Egito, neste sábado, o Flamengo encerrou sua participação no Mundial de Clubes na terceira posição. A posição renderá ao clube uma premiação de 2,5 milhões de dólares, cerca de R$ 13 milhões segundo a cotação atual. Para o time egípcio, a Fifa pagará 2 milhões de dólares (aproximadamente R$ 10,4 milhões).

Com este montante, o Flamengo já soma cerca de R$ 18 milhões em premiações neste início de 2023. Com o vice da Supercopa do Brasil, o clube recebeu R$ 5 milhões da CBF. O Palmeiras, que faturou a taça ao vencer por 4 a 3, no dia 28 de janeiro em Brasília, foi premiado com R$ 10 milhões.

A queda na semifinal para o Al Hilal, da Arábia Saudita, frustrou o "sonho do Bi" para o Flamengo. Se fosse campeão, o Rubro-Negro embolsaria uma premiação recorde. A Fifa pagará 5 milhões de dólares (cerca de R$ 26 milhões na cotação atual) ao vencedor do confronto deste sábado, entre Real Madrid (ESP) e Al Hilal, neste sábado, às 16h (de Brasília). A Conmebol ainda prometeu pagar mais 5 milhões de dólares caso a equipe de Vítor Pereira conquistasse a taça do Mundial de Clubes.

Neste formato de Mundial de Clubes, organizado desde 2005 pela Fifa, o Flamengo é o terceiro clube brasileiro a terminar a competição na terceira posição. O Internacional, em 2010, e o Atlético-MG, em 2013, foram os outros. Os únicos campeões brasileiros nesse formato foram São Paulo, em 2005, Inter, em 2006, e o Corinthians, em 2012. O Palmeiras, em 2021, foi o único quarto colocado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.