Futebol Com sombra na próxima temporada, Calegari cresce em meio à irregularidade do Fluminense

Com sombra na próxima temporada, Calegari cresce em meio à irregularidade do Fluminense

Lateral vem se destacando, mesmo com atuações ruins do tricolor, e precisará ser ainda melhor na próxima temporada, quando terá a concorrência de Samuel Xavier

Lance
Lance

Lance

Lance

Um dos bons valores que o Fluminense teve como reforço oriundo da base nesta temporada, o lateral-direito Calegari recuperou a posição de titular e vem ganhando cada vez mais confiança, mesmo com a irregularidade do Flu nas últimas partidas. E o jovem precisará ser cada vez maior nesta equipe comandada por Marcão. Com Samuel Xavier já encaminhado, a concorrência, atualmente apenas com o contestado Igor Julião, ficará ainda mais forte.

> ATUAÇÕES: Lucca conta com a sorte e garante a vitória em jogo pouco inspirado do Fluminense

Convocado para a Seleção Sub-20, onde conquistou o Torneio Internacional da categoria, Calegari conquistou a vaga de titular do Fluminense em agosto, quando chegou a uma sequência de 10 partidas. Depois, foi um dos afetados pelo surto de Covid-19 do Flu, no fim de setembro. Mesmo quando voltou, amargou sete jogos no banco de reservas, recuperando a posição em novembro, contra o Internacional. Desde então, só perdeu jogos quando esteve integrado ao grupo do Brasil.

Na vitória por 1 a 0 contra o Sport, Calegari teria dado sua primeira assistência pelo Fluminense caso o gol tivesse sido dado a Lucca, mas a arbitragem acabou registrando como de Patric, contra. Na partida no Estádio Nilton Santos, o lateral deu 66 toques nos 90 minutos, 88% dos passes certos, 16 perdas de posse e sete duelos terrestres ganhos. Além disso, sofreu quatro faltas, acertou duas bolas longas, deu dois cortes, dois desarmes e dois passes decisivos.

VEJA E SIMULE A TABELA DO BRASILEIRÃO

De acordo com o "SofaScore", em todo Brasileirão o jogador tem 82% de eficiência por partida, 55% de lançamentos certeiros, zero erros capitais e 87% de dribles bem sucedidos. É uma média de 7,7 disputas de bola vencidas e 6,8 duelos ganhos no chão. Ele levou apenas um cartão amarelo na competição.

Mesmo que esteja se mostrando mais seguro defensivamente, Calegari, assim como todo time, ainda precisa melhorar na parte ofensiva. Contra o Sport, o Fluminense mostrou mais uma vez dificuldades de criação de jogadas. Para Marcão, em análise após o confronto pela 30ª rodada do Brasileirão, ainda é preciso mais aproximação entre os atletas para que as finalizações aconteçam com mais qualidade.

- Temos buscado. Tentamos hoje. A situação do gol, com a aproximação dos nossos homens de frente, com Fred, trazer os nossos extremos para dentro e liberar os laterais. O Sport mantém a linha baixa e teríamos oportunidade de jogar com o Danilo e o Calegari. Precisamos dos ajustes. Aproximar os homens de lado, os meias com o nosso 9. Hoje o gol saiu porque o Lucca pisou na área - disse Marcão em entrevista coletiva.

Calegari e o Fluminense precisam se recuperar rápido para seguir a maratona de partidas. Nesta quarta-feira, o Tricolor já entra em campo novamente para encarar o Coritiba, fora de casa, às 20h30. A vitória manteve o Flu na sétima posição do Brasileirão, com 46 pontos.

Últimas