Futebol Com princípio de tumulto e clima de comoção, corpo de Maradona é velado na Casa Rosada

Com princípio de tumulto e clima de comoção, corpo de Maradona é velado na Casa Rosada

Após cerimônia íntima com familiares e amigos, velório foi aberto ao público às 6h e se estenderá até às 16h desta quinta-feira, na sede do governo argentino

Lance
Lance

Lance

Lance

O povo argentino tirou a quinta-feira para se despedir do ídolo e da lenda. Após uma cerimônia íntima destinada apenas a familiares e amigos, o velório de Diego Maradona foi aberto ao público às 6h (horário local e de Brasília) e seguirá até às 16h, na Casa Rosada, em Buenos Aires.

Desde o início da madrugada, milhares de fãs formavam uma fila na praça em frente à sede do governo argentino. Sob muita comoção, os torcedores foram entrando aos poucos e, emocionados, deram adeus ao ex-jogador, que faleceu na tarde de quarta-feira, após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Pouco depois da abertura dos portões, porém, houve um registro de tumulto na fila, que era controlada por grades. Um grupo de pessoas trocou empurrões e a polícia argentina precisou intervir, formando um cordão de isolamento e e interrompendo o fluxo. Mesmo assim, a confusão continuou com troca de socos e objetos arremessados, e foi necessário o uso de gás lacrimogênio para dispersar a multidão.

A expectativa das autoridades de Buenos Aires é que cerca de 1 milhão de pessoas passem pela Casa Rosada para se despedir de Diego Maradona, o maior ídolo da história do futebol argentino. Atendendo a pedido da família, o caixão permanecerá fechado durante o velório, que conta com a presença da imprensa local e internacional,

Últimas