Futebol Com duelo entre brasileiros, Kashiwa Reysol e FC Tokyo se enfrentam no retorno do Campeonato Japonês

Com duelo entre brasileiros, Kashiwa Reysol e FC Tokyo se enfrentam no retorno do Campeonato Japonês

Após mais de quatro meses de paralisação devido à pandemia do novo coronavírus, a J-League volta com destaque para dois atacantes brasileiros: Leandro e Júnior Santos

Lance
Lance

Lance

Lance

O Campeonato Japonês será reiniciado neste sábado, após mais de quatro meses de paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. Logo de cara, um confronto entre líderes agita a segunda rodada da competição. FC Tokyo e Kashiwa Reysol, dos atacantes brasileiros Leandro e Júnior Santos, medirão forças às 7h (horário de Brasília).

Leandro, do FC Tokyo, que acumula passagens por Grêmio e Palmeiras, espera retomar o ritmo dos jogos com o mesmo desempenho que vinha tendo. Antes da pausa, o atacante tinha a marca de dois gols e uma assistência em quatro partidas disputadas na temporada – incluindo a Liga dos Campeões da Ásia. Invicto no ano, ele analisou o retorno do futebol no Japão.

- Estou muito feliz com a volta. A expectativa é muito boa para esse retorno. Os casos do coronavírus diminuíram muito no país, com alguns dias já sem óbitos. Então, ficamos contentes em poder voltar a atuar com toda a segurança e dar sequência no campeonato nacional. O adversário de sábado é difícil. Já joguei contra o Kashiwa algumas vezes e o Nelsinho é um técnico conhecido, muito bom. Será um confronto duro para as duas equipes - afirmou o ex-gremista.

Aos 27 anos, Leandro foi contratado pelo FC Tokyo nesta temporada, após três anos de sucesso no Kashima Antlers, clube pelo qual conquistou a Liga dos Campeões da Ásia, em 2018.

- A nossa expectativa é conquistar o título. Temos que almejar coisas grandes, independentemente da competição que estivermos disputando. Quanto ao desempenho individual, creio que, se o nosso coletivo for bem sucedido, o individual irá aparecer. O primeiro desejo é ser campeão.

Já Júnior Santos está ansioso para a estreia na J-League. Mais novo no futebol japonês, o centroavante desembarcou no país no meio da última temporada, após brilhar pelo Fortaleza no primeiro semestre de 2019, com a conquista do estadual e da Copa do Nordeste – artilheiro da competição ao marcar oito gols.

Antes, teve boas passagens por Ituano e Ponte Preta. Pé quente, o atleta chegou e participou da grande campanha do Kashiwa Reysol, que terminou com o título da J-League 2 e o acesso.

- A expectativa é enorme para voltar aos gramados, fazer o que a gente gosta e conseguir a vitória nesse jogo. Ficamos alguns meses sem partidas. E eu, particularmente, tinha sofrido uma contusão e fiquei praticamente três meses parado. Agora tenho a oportunidade de poder voltar e ajudar a equipe - disse.

- Fizemos uma ótima J-League 2 no ano passado, sendo campeões e conseguindo o acesso. E já subimos e apresentamos um bom futebol. O Kashiwa é um clube grande no país…nós estamos em segundo lugar na tabela, após estrear com vitória, então, o desejo é continuarmos com esse bom trabalho e garantir a sequência de bons resultados para alcançarmos nossos objetivos, que é ser campeão e ter vaga nas competições continentais - completou Júnior Santos, que atuou em oito partidas na campanha do título.

A J-League 2020 foi paralisada ainda na primeira rodada. Kashiwa Reysol e FC Tokyo venceram na estreia e ocupam a segunda e terceira posições na tabela, respectivamente, com três pontos.

Últimas