Futebol Com CR7 fora, Di María elege seus 11 ideais; confira escalação

Com CR7 fora, Di María elege seus 11 ideais; confira escalação

Argentino polemizou ao deixar o português ausente da lista

Lance
Lance

Lance

Lance

Ao longo dos anos, o mundo do futebol tem sido palco de inúmeras discussões acaloradas sobre quem são os melhores jogadores em suas respectivas posições. Dentre essas inúmeras seleções, uma que certamente chama a atenção é a lista pessoal de Ángel Di María, talentoso meio-campista argentino, que compartilhou seus 11 melhores escolhidos. Vamos analisar cada posição e entender as escolhas do jogador do Benfica.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

A seleção dos 11 melhores escolhidos por Di María reflete uma combinação de experiência, talento e química entre jogadores de diversas nacionalidades. O argentino ainda causou uma grande polêmica ao deixar o atacante português, Cristiano Ronaldo, de fora da lista.

CONFIRA A ESCALAÇÃO:

Goleiro - Emiliano Martínez (ARG):

Di María optou por seu compatriota Emiliano Martínez, atualmente no Aston Villa, para ocupar a posição de goleiro. Martínez se destacou por suas apresentações consistentes, exibindo segurança e habilidade debaixo das traves, especialmente durante sua participação em disputas de pênaltis na Copa América de 2021 e na Copa do Mundo de 2022, onde a Argentina saiu vitoriosa.

Lateral-direito - Sérgio Ramos (ESP):

A escolha do meia argentino para a lateral-direita é inusitada, com Sérgio Ramos, um zagueiro de renome mundial, deslocado para essa posição. Ramos, conhecido por sua habilidade técnica e liderança em campo, pode proporcionar um equilíbrio interessante entre defesa e ataque na lateral. Marcou uma geração defendendo o Real Madrid.

Zagueiro - Javier Mascherano (ARG):

Javier Mascherano, um grande defensor argentino, ocupa uma das posições na zaga, trazendo sua vasta experiência e habilidades defensivas notáveis. Mascherano é lembrado por sua carreira de sucesso no Barcelona e na Seleção Argentina, sendo um dos pilares defensivos em sua era.

Zagueiro - Nicolás Otamendi (ARG):

Ao lado de Mascherano, temos Nicolás Otamendi, um zagueiro que teve uma passagem pelo Manchester City, e vem se destacando no Benfica e na Seleção Argentina. Sua presença física e capacidade de leitura de jogo são elementos que Di María valoriza na defesa.

Lateral-esquerdo - Marcelo (BRA):

Para a lateral-esquerda, o argentino escolheu Marcelo, um dos melhores laterais-esquerdos da última década. O brasileiro, que brilhou no Real Madrid ao lado de Di María, e hoje atua pelo Fluminense, é conhecido por sua habilidade ofensiva, técnica refinada e cruzamentos precisos.

Volante - Rui Costa (POR):

Rui Costa, antigo meio-campista português, é a escolha de Di María para a posição de volante. Com uma boa passagem pelo Milan, sua classe e visão de jogo marcaram época. Sua capacidade de controlar o meio-campo se encaixa perfeitamente na visão de jogo do argentino.

Meia - Ángel Di María (ARG):

Naturalmente, Ángel Di María seleciona a si para o meio-campo, refletindo sua confiança e autoestima. Com sua habilidade de drible, visão de jogo e capacidade de marcar gols, ele é uma adição valiosa a qualquer equipe. Na final da Copa do Mundo de 2022, contra a França, foi um dos principais responsáveis pelo título da Argentina

Meia - Neymar Jr. (BRA):

Ao lado de Di María, temos Neymar, uma escolha que não surpreende dada a parceria que ambos tiveram no PSG. A habilidade única de Neymar em dribles e sua criatividade torna o brasileiro um meio-campista ofensivo de destaque.

Ponta-direita - Lionel Messi (ARG):

Lionel Messi, um dos maiores jogadores da história do futebol, e maior ídolo da história do Barcelona, ocupa a ponta-direita nesta seleção. Sua genialidade, habilidades extraordinárias e capacidade de decidir jogos fazem dele um nome obrigatório em qualquer lista dos melhores. Messi e Di María fizeram uma parceria de sucesso na Seleção Argentina, conquistando a Copa América de 2021 e a Copa do Mundo de 2022. 

Ponta-esquerda - Kylian Mbappé (FRA):

A jovem estrela francesa, Kylian Mbappé, campeão do mundo aos 17 anos com a Seleção Francesa na Copa do Mundo de 2018, é a escolha para a ponta-esquerda. Assim como Neymar, Mbappé foi companheiro de equipe do argentino no PSG. Sua velocidade, técnica apurada e instinto goleador o tornam um dos melhores jogadores do mundo. 

Atacante - Zlatan Ibrahimović (SUE):

Para encerrar a lista, outro companheiro de PSG. Di María escolheu Zlatan Ibrahimović como atacante. O carismático sueco, conhecido por sua presença imponente, habilidades aéreas e capacidade de marcar gols espetaculares, completa essa formação.

Últimas