Futebol Clubes ingleses temem ausência de público nos estádios até novembro

Clubes ingleses temem ausência de público nos estádios até novembro

Governo britânico está preocupado com recente aumento do número de casos de Covid-19 e podem adiar retorno dos fãs aos estádios de futebol, previstos para o dia 1º de outubro

Lance
Lance

Lance

Lance

Os clubes do Campeonato Inglês temem ter que jogar com portões fechados até novembro, enquanto o governo britânico tenta evitar uma segunda onda da Covid-19. Apesar da data prevista para a volta do público com segurança aos estádios estar marcada para o dia 1º de outubro, o adiamento parece cada vez mais provável com o passar dos dias.

Nas últimas semanas, os casos do novo coronavírus cresceram no Reino Unido, o que preocupou o primeiro-ministro Boris Johnson. Sofrendo críticas, o maior nome do governo britânico tenta impor medidas mais restritivas em algumas regiões do país. O futebol não escapa disso, apesar da pressão das equipes para comportar até 30% da capacidade das arenas com os fãs.

Oito partidas de divisões inferiores da Inglaterra irão garantir a presença de até mil torcedores dentro dos estádios, embora haja muita preocupação. O objetivo do órgão que regula o futebol inglês é convencer o governo de que os duelos podem ser realizados com segurança e a situação segue indefinida, principalmente para os times da Premier League.

Últimas