Futebol Clubes e entidades se posicionam em relação a Superliga; confira

Clubes e entidades se posicionam em relação a Superliga; confira

Apesar de aprovada pela União Europeia, competição tem sido recusada por muitas equipes

Lance

Entidades e clubes europeus vêm se posicionando em relação à disputa da Superliga, após decisão da Corte Europeia de Justiça de que existe violação no ato da Fifa e da Uefa em punir equipes envolvidas. No entanto, poucos dos times que participaram do processo criativo da o torneio mantêm seu posicionamento.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Dos 12 clubes idealizadores, apenas Real Madrid e Barcelona seguem firmes no projeto. Os respectivos presidentes, Florentino Pérez e Joan Laporta, reforçaram sua vontade de dar vida à nova competição nesta quinta-feira (21), após a decisão da União Europeia. Assista ao pronunciamento do dirigente merengue.

Por outro lado, diversas equipes já se posicionaram afirmando que não participarão da Superliga. Atlético de Madrid, Sevilla, Real Sociedad, Bayern de Munique, Borussia Dortmund, Manchester United, Manchester City, PSG, Monaco e Roma já declararam publicamente que rejeitarão entrar na competição. Anteriormente, equipes da Inglaterra assinaram documentos junto à FA e a Premier League, prometendo que não estariam mais vinculados ao projeto.

➡️ Ranking da Fifa: Argentina termina 2023 em primeiro; Brasil segue na quinta colocação

Entidades e federações também se colocaram contra a criação do novo torneio. La Liga (Campeonato Espanhol), Premier League (Campeonato Inglês), Associação das Ligas Europeias e a Uefa, por meio do presidente Aleksander Čeferin, protestaram contra a iniciativa de Real Madrid e Barcelona. Confira o vídeo divulgado por La Liga:

https://publishers.onefootball.com/browse/?video=4AsPlDvR
Últimas