Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cinco pontos que mostram a revolução feita por Dorival no São Paulo

Treinador chegou ao São Paulo em abril e já classificou a equipe para a final da Copa do Brasil

Futebol|

Lance
Lance Lance

O técnico Dorival Júnior chegou ao São Paulo em abril deste ano com a missão dar estabilidade a um time em crise e recém eliminado do Paulistão para o Água Santa. Passados quase quatro meses de trabalho, o que o técnico apresentou para o torcedor Tricolor até agora foi muito mais do que apenas um time organizado.

+ Renove o seu estoque de camisas do Tricolor com o cupom LANCEFUT 10% OFF

Além de levar o Tricolor para a decisão da Copa do Brasil deste ano, algo que não acontecia desde 2000, o treinador deu confiança ao elenco, venceu clássicos e elevou a autoestima do torcedor são-paulino com os resultados conquistados. A seguir, listamos cinco pontos que mostram a revolução feita por Dorival Júnior no São Paulo.

> ELEVOU A CONFIANÇA DO ELENCO

Publicidade

Na entrevista coletiva após a vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians, na semifinal da Copa do Brasil, Dorival revelou a 'promessa' feita ao elenco logo na sua chegada: o São Paulo chegaria a, pelo menos, uma final de competição nesta temporada. A reação imediata, segundo relatou, foi de desconfiança.

- O torcedor não precisa ficar preocupado, porque os próprios jogadores não acreditavam (que chegariam a uma final). Havia uma desconfiança muito grande. Tanto que, quando falei a respeito, afirmei que chegaríamos a pelo menos uma final de competição, e está acontecendo.

Publicidade

Passados quase quatro meses desse episódio, o técnico cumpriu sua palavra. Não só isso: viu o elenco são-paulino, antes tomado pela dúvida, passar a falar abertamente sobre a possibilidade de conquistar títulos.

> ARROZ E FEIJÃO BEM FEITO

Publicidade

Um dos grandes méritos de Dorival no São Paulo foi encaixar cada jogador do elenco em um sistema que tire o seu máximo. Um dos principais exemplos disso é Luciano. O camisa 10 da equipe era utilizado como meia sob o comando de Rogério Ceni, quando foi alvo de críticas por suas atuações.

Com Dorival, no entanto, o jogador passou a ser utilizado como segundo atacante, sua posição favorita. O resultado, dentro de campo, é uma equipe consistente, com jogadores que sabem exatamente o que fazer em cada momento do jogo.

> VIRADAS NO MATA-MATA

Jogos de mata-mata, como na Sul-Americana e na Copa do Brasil, geralmente colocam as equipes no seu limite técnico, tático, mas acima de tudo, mental. Neste teste, o São Paulo passou com louvor, após reverter os placares diante de San Lorenzo (ARG) e Corinthians.

Mais do que isso: o time se classificou, em ambas as ocasiões, com boas atuações, pressionando os adversários e criando chances claras de gol em cada um dos jogos.

+ Assista aos jogos do seu clube do coração com aquela gelada! Copo Stanley a partir de R$120,00

> VITÓRIAS EM CLÁSSICOS

Clássicos sempre estão entre os jogos mais importantes de uma temporada, mas costumam ganhar outro peso quando disputados em competições eliminatórias. Pela Copa do Brasil, o São Paulo precisou superar Palmeiras (nas quartas de final) e Corinthians (na semifinal) para chegar à decisão do torneio.

Para se ter uma noção do tamanho do feito, todas as cinco vezes quem um time eliminou Palmeiras e Corinthians na mesma edição de Copa do Brasil, essa equipe acabou faturando a taça.

Além dos duelos contra os rivais da capital, o Santos também foi vítima do time de Dorival: foi goleado por 4 a 1, em jogo que alçou o São Paulo ao G4 do Brasileirão.

> AUTOESTIMA RECUPERADA

Sempre que é questionado, Dorival evita falar sobre seu trabalho de forma individualista. O técnico procura dividir os méritos entre todos os membros da comissão técnica e elenco, além de deixar bem claro para quem é dedicada cada vitória: para o torcedor do São Paulo.

O resultado é que o são-paulino tem comprado a ideia do treinador. Apenas na semifinal da Copa do Brasil, mais de 62 mil pessoas estiveram presentes no Morumbi para torcer pela equipe. Segundo Dorival, quando o torcedor confia no trabalho e passa a dar o apoio, o ambiente no clube se torna diferente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.