Chiquinho Carioca, campeão da Libertadores pelo Fla, faz alerta para a final: 'Tem que entrar para decidir'

Ex-jogador do Flamengo exaltou grupo de 81: 'Aqueles jogadores que eram titulares, sem dúvida alguma, teriam lugar em qualquer time no mundo'

Lance

Lance

Lance


O Flamengo vai disputar a final da Libertadores contra o River Plate, no próximo sábado, em Lima, na primeira final de jogo único da história da competição. Chiquinho Carioca, campeão da Liberta em 81 pelo Rubro-Negro, participando de oito jogos na competição, sendo quatro como titular - todos na fase semifinal - deu conselhos para o atual elenco de Jorge Jesus voltar para o Rio de Janeiro com a taça.

+ Há 38 anos, Chiquinho teve missão de socar Mario Soto, mas se negou: 'Eu queria jogar bola'

- O que eu posso dizer é que jogo único tem que dar tudo. Entrar para decidir, o Flamengo naquela final de 81 entrou para decidir. Não pode esperar o adversário tomar a iniciativa, não. Tem que entrar para decidir. Jogar com decisão. Não tem segundo jogo, um jogo de final você nunca pode pensar no depois, desde o primeiro minuto até o final - disse Chiquinho.

Chiquinho marcou dois gols na Libertadores, ambos no Maracanã. Ele foi o quinto melhor marcador da equipe naquela edição, à frente de Tita, por exemplo, que só marcou um. O ex-jogador admitiu que não tinha dimensão do tamanho do título que estavam conquistando e exaltou o elenco de 81 do Rubro-Negro.

- Eu era jovem, um jogador iniciando a carreira. Comecei no Olaria e depois vim para um clube de grande dimensão que era o Flamengo. Eu, sinceramente, não sabia que essa conquista daria essa dimensão toda que hoje existe no clube. A gente sabia que era muito importante nós ganharmos a Libertadores por ser um título que o Flamengo não tinha e foi o que o plantel fez. A equipe era fora de sério, espetacular, jogadores de Seleção Brasileira. Aqueles jogadores que eram titulares, sem dúvida alguma, teriam lugar em qualquer time no mundo. E os que não jogavam, quando entravam nos jogos, davam conta do recado. Acredito que a equipe de hoje também possa conquistar esse título por também ter essa qualidade no elenco - disse Chiquinho.

VEJA A ENTREVISTA COMPLETA