Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Chelsea anuncia contratação de defensor francês junto ao Monaco

Blues vêm passando por processo de troca de elenco e fecham quinta aquisição na janela de verão

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

O Chelsea anunciou, na manhã desta sexta-feira, a contratação do zagueiro Axel Disasi, de 25 anos, junto ao Monaco, da França. A negociação custou cerca de 45 milhões de euros (R$ 242 milhões) aos cofres londrinos e o vínculo do atleta com o clube terá duração até o fim do primeiro semestre de 2029.

- É algo que eu esperava muito para acontecer. Estou muito feliz de estar aqui neste grande clube. Sou orgulhoso de fazer parte desta grande família e quero alcançar grandes coisas aqui e ganhar títulos. Sou ambicioso e vou fazer de tudo para alcançar estes objetivos. Mal posso esperar para sentir a energia dos torcedores - afirmou Disasi.

Revelado pelo Paris FC, da segunda divisão francesa, o defensor chegou ao Stade de Reims a custo zero e subiu para os profissionais em 2017. Após três anos, em 2020, o Monaco decidiu desembolsar 13 milhões de euros por seu futebol. Foram 129 partidas com o clube do principado, com uma marca positiva de 12 gols e quatro assistências para um zagueiro.

+ Seu coração também bate por um Clube internacional? Aproveite camisas com até 50% OFF

Publicidade

Disasi é a quinta aquisição valorada do Chelsea nesta janela de transferências. Antes, os Blues já haviam contratado Christopher Nkunku (RB Leipzig), Nico Jackson (Villarreal), Ugochukwu (Rennes) e o brasileiro Ângelo, do Santos. Somados, os cinco custaram 184 milhões de euros, o equivalente a mais de R$ 900 milhões.

Na última temporada, o Orgulho de Londres passou por problemas no vestiário. O novo dono do clube, Todd Boehly, inflou o elenco ao gastar mais de 660 milhões de euros somando as janelas de verão e inverno, o que deixou medalhões insatisfeitos, com pouco tempo de jogo, treinos reduzidos e trocas de roupa em corredores. Só nesta janela, nomes como Kanté, Koulibaly, Kovacic, Havertz, Mendy e Azpilicueta optaram por deixar a capital inglesa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.