Futebol Chapéu? Reforço do Corinthians, Ivan já foi alvo forte do São Paulo

Chapéu? Reforço do Corinthians, Ivan já foi alvo forte do São Paulo

Goleiro que foi anunciado pelo Timão foi sonho do Tricolor na temporada passada

Lance
Lance

Lance

Lance

Na noite da última segunda-feira (31), o Corinthians anunciou a contratação do goleiro Ivan, com vínculo válido até 2024. Reforço corintiano, o defensor foi sonho do rival São Paulo em um passado não tão distante.

Na janela de transferências do meio da temporada passada, o Tricolor do Morumbi fez uma forte investida no atleta, então na Ponte Preta, abriu conversas com o estafe do goleiro, mas nem chegou a formalizar uma proposta porque a Ponte Preta não se mostrou interessada a negociá-lo na ocasião.

> GALERIA - RELEMBRE 15 MOMENTOS DE PAULINHO PELO CORINTHIANS
> TABELA - CONFIRA OS PRÓXIMOS JOGOS DO TIMÃO NO PAULISTA E SIMULE

O São Paulo estava em busca de uma sombra para o titular Tiago Volpi, que já havia cometido algumas falhas em partidas cruciais, e voltou a tê-las no segundo semestre após o interesse em Ivan ter sido frustrado. Contudo, no fim do ano a equipe do Morumbi foi ao mercado e conseguiu contratar um outro goleiro, Jandrei, que estava no Santos.

O Corinthians, então, foi ao mercado e, já sem os são paulinos na parada, fez um investida em Ivan e conseguiu fechar o negócio no início deste ano.

Assim como seria no caso do interesse do São Paulo, os representantes de Ivan foram trunfos do Timão para o desfecho positivo no negócio, pois eram parte interessada, até por conta da vitrine. Inclusive, Fernando Garcia, da Elenko Sports, empresa que gerencia a carreira de Ivan, alinhou um acordo com a Ponte Preta para o perdão de uma dívida que a equipe de Campinas possui com o agente e que é superior a R$ 10 milhões, que está alinhado com a transferência do goleiro ao Time do Povo.

Não é de hoje que Ivan é tratado como um arqueiro com potencial. Com atuações expressivas nas categorias de base da Seleção Brasileira, o atleta foi convocado para a seleção principal pela primeira vez em 2019, e desde então despertou o interesse de diversas equipes, tanto no Brasil, quanto no exterior, com a Ponte recusando algumas propostas, como a do Familicão, de Portugal.

Com passagem pela base do Guarani, atuando pelo sub-15 e sub-17, Ivan foi para a Ponte Preta ainda na base, para acompanhar o então preparador de goleiros Betão que trocou o Bugre pela Macaca em 2013. O atleta fez a estreia como profissional em 2016 pela Ponte.

Agora, Ivan chega ao Corinthians para inicialmente ser reserva do ídolo Cássio, que renovou o contrato até o fim de 2023. Com 34 anos, o titular da meta corintiana já manifestou que deseja atuar até os 40 anos, mas encerrará os vínculo atual com 36.

De toda forma, internamente o Timão já enxerga Ivan como substituto natural do camisa 12.

Últimas