Futebol Ceni analisa momento do São Paulo e vê oportunidade de 'fazer história' na Copa Sul-Americana

Ceni analisa momento do São Paulo e vê oportunidade de 'fazer história' na Copa Sul-Americana

O São Paulo chegou em Córdoba, na Argentina, durante a tarde desta quarta-feira (28). A equipe deve seguir com os treinamentos nas terras argentinas

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo chegou para disputar a final da Copa Sul-Americana na cidade de Córdoba, na Argentina, no final da tarde desta quarta-feira (28). Logo no desembarque da equipe, a delegação foi recepcionada por torcedores que já estavam presentes nas redondezas. Rogério Ceni projetou a decisão que acontece no próximo dia primeiro de outubro, às 17h.

Galeria
> Veja fotos da festa da torcida do São Paulo em embarque do time para final da Copa Sul-Americana

Tabela
> Veja tabela da Copa Sul-Americana

Ceni falou sobre o apoio da torcida no CT da Barra Funda antes do embarque da delegação. De acordo com suas palavras, o clima é de confiança. Na manhã desta quarta-feira (28), um último treinamento foi ministrado antes do Tricolor viajar.

Na quinta e na sexta-feira, a preparação já passará a acontecer no estádio Francisco Cabasés, que pertence ao Talleres, principal clube de Córdoba. O treinador destacou que a meta agora é trabalhar o setor ofensivo e alguns ajustes finais para a decisão, tendo em vista a preparação da equipe adversária.

- O clima é de acordo com o resultado final. Não adianta você falar antes, mas acho que estamos bem. Torcedor esteve no CT, apesar de toda a distância, aqui tivemos uma recepção calorosa. O time vai se recuperando, treinando. Fizemos um treinamento voltado para parte defensiva, amanhã queremos focar na parte mais ofensiva, focar no poder de criação, os ajustes finais serão na sexta-feira - disse.

Rogério Ceni esteve presente na última conquista internacional do São Paulo, justamente na Copa Sul-Americana de 2012. Ao ser indagado sobre este jejum de dez anos, o ex-goleiro afirmou que o clube tinha porte para ir além nas últimas temporadas, mas sofreu com as influências de diversos fatores - destacando a concorrência de outros times e a administração do Tricolor.

- Esperava e pela lógica da história deveria chegar a muito mais disputas, não só de Sul-Americana, mas de Libertadores. Tiveram anos que brigou, mas é um história que já vocês conhecem os motivos. Mostra que nenhum clube pode estar desatento. O futebol é cíclico, por mais que você imagine que aquele time vai se manter no topo por muito tempo, existem as concorrências, os imprevistos, as administrações, você tem um ciclo vitorioso. Espero que o São Paulo chegue e consiga vencer - explicou.

O São Paulo vem de uma vitória por goleada recente, que aconteceu no último domingo (25), contra o Avaí. Na ocasião, a equipe venceu por 4 a 0 a partida que foi válida pelo Campeonato Brasileiro. O resultado positivo incentivou todo o elenco, que se mostrou bastante descontraído e tranquilo durante a viagem para Córdoba. Caso o São Paulo seja campeão, este será o primeiro título de Ceni como treinador na equipe onde fez história.

Ainda conforme suas palavras, o Independiente Del Valle é uma equipe muito bem treinada, que apresenta certos padrões. Uma das suas metas é neutralizar todos os pontos positivos que o clube equatoriano apresenta. Esta será a primeira vez que os dois times se encontram na história.

- Eu não vejo como pressão, vejo como oportunidade e mérito. Vamos enfrentar uma equipe fortemente técnica, com muitas virtudes e alguns defeitos. Vamos tentar explorar, neutralizar a maioria das coisas boas do Del Valle. Vamos tentar de tudo porque sei o quanto é importante. Acho que foi atípica essa final, inesperada, mudaria a história do clube. Não vejo pressão, vejo como uma grande oportunidade de trazer o São Paulo campeão novamente - completou.

Últimas