Carille detona atuação da equipe: 'Tem que melhorar e não é de hoje'

Treinador lamentou a derrota e afirmou que Corinthians não fez '10 bons jogos' no ano

Lance

Lance

Lance

Após a derrota do Corinthians para o São Paulo por 1 a 0, no clássico Majestoso, o técnico Fábio Carille detonou a atuação de sua equipe. O treinador afirmou que o Timão não fez 'nem 10 bons jogos no ano'.

Confira e simule a tabela do Brasileirão

- Acho que de 63 de jogos, a gente não fez 10 bons jogos no ano. A gente não fez. Até campeão Paulista, já falei várias vezes, com dificuldade para jogar. Falei na coletiva passada a respeito do Boselli que as características do nosso time não são pra ele. Quando pedi a contratação dele a gente imaginou que iam acontecer outras coisas, precisa de bola na área. E nosso time dificilmente busca profundidade, gosta de rodar com a bola. Em relação ao jogo, ganhou o melhor, quem acertou mais passe, quem buscou o jogo, quem foi ofensivo. A gente foi muito abaixo. O básico do futebol é o passe, a gente está com dificuldade no básico. O grupo é consciente de que está mal, vê no vestiário que poderia render mais. A gente tem que melhorar e não é de hoje - desabafou o treinador do Corinthians.

Carille também fez um alerta e afirmou que, se continuar com a baixa produção ofensiva, o Corinthians não irá conseguir se classificar para a Libertadores no ano que vem.

- Hoje fui para campo com Vital, com Love, com Boselli e com o Clayson. Dificuldade não está na função dos jogadores, está no entender do jogo. A gente está com uma ideia que não é a do Corinthians, isso de muitos anos, de ficar recuando bola para o Cássio a toda hora. Entendimento está difícil, mas por incrível que pareça estamos em quarto. Não dá para entender, o que está jogando não era para estar em quarto. Era para estar fora da zona de classificação da Libertadores, alguma coisa tem de bom. A entrega, a vontade, organização defensiva. E a gente tem que acrescer na parte ofensiva e eu estou tendo dificuldade de fazer isso. A casinha está bem fechada. A gente tem que melhorar o ofensivo, e se não melhorar não classifica para a Libertadores - finalizou Fábio Carille.

O Corinthians volta ao gramados na próxima quarta-feira, contra o Goiás, às 21:30, no Serra Dourada. Com a derrota, o Alvinegro manteve os 43 pontos no Brasileirão.