Futebol Carille destaca lado psicológico em derrota do Santos

Carille destaca lado psicológico em derrota do Santos

Técnico acredita que o lado tático não teve interferência na derrota do Santos para o América-MG na tarde deste sábado, na Vila Belmiro

Lance
Lance

Lance

Lance

O Santos sofreu mais uma derrota neste sábado, diante do América-MG, na Vila Belmiro, e vê sua situação no Brasileirão se complicar cada vez mais. Para Fábio Carille, o problema é muito mais mental do que técnico. O treinador explicou sua avaliação na coletiva depois do jogo.

- Considero um grupo qualificado. Neste momento é um trabalho mais mental do que qualquer coisa. Começa a errar passes e vem o incômodo. Isso é muito psicológico. Estou buscando o que seja melhor. A derrota de hoje não passa pela questão tática - afirmou o treinador.

Carille também acredita que só o trabalho pode tirar o Santos dessa situação incômoda. Trabalho dentro de campo e de passar mais confiança para os atletas.

- Eu não vejo outro caminho que não seja o campo e trabalho. Passar toda confiança. Mostrar os pontos fortes e fracos do adversário. Para a gente jogar melhor, ter mais confiança e buscar os resultados.

O treinador terá um tempo curto para recuperar a confiança do elenco antes do próximo jogo. O Santos volta a campo já na próxima quarta-feira, 19h, quando recebe o Fluminense na Vila Belmiro.

Últimas