Futebol Capitão do Vizela, Marcos Paulo sonha com acesso à elite portuguesa depois de 36 anos

Capitão do Vizela, Marcos Paulo sonha com acesso à elite portuguesa depois de 36 anos

A equipe do volante brasileiro disputou a primeira divisão de Portugal apenas uma vez, na temporada 1984/85

Lance
Lance

Lance

Lance

Capitão e volante do Vizela, Marcos Paulo está presenciando a sua equipe fazendo história no futebol português. E o jogador brasileiro quer mais. O clube, que não perde há 23 jogos na segunda divisão, está muito perto de conquistar o acesso para à elite nacional. Com apenas três partidas pela frente, o Vizela está na vice-liderança e depende apenas de si mesmo para voltar a primeira divisão 36 anos depois da primeira e única vez que disputou a Primeira Liga, em 1984/85.

Veja a tabela do Português

- Não é fácil manter a calma nestas horas, faltam três jogos onde dependemos só de nós para conseguirmos concretizar nosso sonho e o sonho de uma cidade inteira. Mas mesmo assim, trabalhamos sempre em busca da nossa melhor versão , tanto individual quanto como coletivo. No início sempre dizíamos que este ano seria o nosso ano, que iríamos fazer algo muito bonito, e felizmente tudo que almejamos está acontecendo. Estamos fazendo um campeonato excelente, acima das expectativas, e esperamos no fim carimbar com o acesso à Liga NOS - disse Marcos Paulo

Com 59 pontos, o Vizela tem três de vantagem para o Arouca (56), terceiro colocado e na zona de play-offs pelo acesso. Feirense e Académica, ambos com 55, e Chaves, com 53, também segue atrás na briga. Na última rodada, Vizela e Feirense empataram por 1 a 1 em confronto direto, e Marcos Paulo destacou a importância de manter a invencibilidade. Agora, são 14 vitórias e nove empates neste período.

- Não era de todo o nosso objetivo (o empate) porque sabíamos que, com a vitória, ficaríamos a sete pontos do Feirense, o que nos dava uma tranquilidade maior em relação a este adversário. Mas vendo por outra perspectiva um empate não foi mal, conseguimos pontuar e manter a nossa série de 23 jogos sem derrotas - avaliou.

Últimas