Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Capitã do Flamengo faz gesto obsceno para torcida em jogo contra o Santos; clube trata internamente

Capitão do Futebol Feminino 'dá dedo' para torcedores; Rubro-Negro trata internamente

Futebol|Do R7


Lance
Darlene não aceitou as críticas dos torcedores (Foto: Reprodução)

No último domingo (18), o Flamengo perdeu por 3 a 1 para o Santos, no primeiro jogo das quartas de final do Brasileirão Feminino. Além da derrota dentro das quatro linhas, um episódio envolvendo a jogadora Darlene e um gesto obsceno para torcedores viralizou na web. A capitã do time 'deu o dedo' para rubro-negros, que divulgaram o caso nas redes sociais.

Através do Twitter, a torcedora Eduarda Paiva compartilhou o vídeo do momento do ocorrido, e disse que os gestos de Darlene foram para ela. A rubro-negra disse, ainda, que já estava cobrando mudanças ao técnico Luís Andrade, e comemorou a substituição da camisa 7. https://twitter.com/DudaCpaivaa/status/1670542475876810753?s=20

'INACEITÁVEL uma capitã se prestar a esse papel. O gesto foi para mim, torcedora fanática do Flamengo, que estava no meu direito (quem assistiu o jogo vai concordar). Comemorei SIM a saída da jogadora que não fez uma boa partida, pq finalmente o técnico estava mexendo, era de extrema necessidade, o time perdendo e não concluindo nenhuma jogada, não demonstrando perigo pro adversário. Então eu, no meu papel de torcedora, cobrei e cobro sim que mexa onde não está bom. E comemorei pois eu vivo Flamengo e não recebo 1 real para isso. Diferente da jogadora que recebe e ainda não aceita crítica. Psicológico está abalado para ser capitã, se não me respeita no meu papel de torcedora, não respeita meu Flamengo', desabafou a torcedora na rede social.

+ Flamengo perde para o Santos e se complica nas quartas de final do Brasileirão Feminino

O episódio aconteceu no momento em que Darlene foi substituída do jogo. A atleta recebeu críticas dos rubro-negros pela atuação na partida, e 'rebateu' com gestos obscenos. A reportagem do L! entrou em contato com o Flamengo, que informou que o assunto está sendo tratado internamente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.