Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

'Canodependência'? Veja números do Fluminense com e sem Germán Cano em campo pelo Tricolor

Argentino tem como seus substitutos Lelê e John Kennedy

Futebol|Do R7


Lance
Germán Cano tem quatro gols pelo Fluminense no Brasileirão (Foto: JUAN MABROMATA/AFP)

Na derrota do Fluminense diante do Coritiba, o setor ofensivo foi alvo de muitas críticas por não conseguir marcar um gol na 2ª pior defesa do Campeonato Brasileiro. O técnico Fernando Diniz não contou com Germán Cano, que cumpria suspensão após ter recebido seu 3º cartão amarelo na partida contra o Flamengo.

+ Confira a classificação do Brasileirão

Em 2023, o centroavante argentino marcou 27 gols em 37 jogos disputados, mas balançou as redes apenas quatro vezes no Brasileirão. Os números do camisa 14 decepcionam em relação a 2022, onde o atleta havia marcado 10 gols após a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o Lance! traz outros dados para responder a questão: existe uma "Canodependência" no Fluminense?

Na atual temporada, o Tricolor das Laranjeiras disputou 41 partidas, enquanto Cano desfalcou o elenco em apenas quatro jogos. Sem o argentino, o Fluminense encarou Nova Iguaçu, Boavista, The Strongest e Coritiba, tendo conquistado uma vitória, um empate e duas derrotas. Nesses duelos, o time de Fernando Diniz marcou apenas dois gols.

Publicidade

É importante ressaltar que o duelo contra o The Strongest foi disputado com uma equipe alternativa, que nunca havia atuando junta e na altitude de La Paz. Portanto, a amostragem sem o principal homem-gol do time das Laranjeiras é bem pequena.

Em outros dois jogos, o camisa 14 iniciou o duelo no banco de reservas por opção da comissão técnica. Contra o Fortaleza, a equipe sofreu uma derrota no Castelão, mas marcou dois gols. E contra o Bahia, o Tricolor conseguiu sair de um buraco e venceu o adversário por 2 a 1 com um jogador a menos desde o primeiro tempo.

Publicidade

JOGOS DO FLUMINENSE SEM MARCAR GOLS

Na temporada, o Fluminense ficou 12 jogos sem marcar gols em seus adversários, e Germán Cano esteve presente em 10 destes confrontos. Apesar da má fase dos outros atacantes, como Lelê e John Kennedy, o centroavante argentino não tem feito uma diferença muito grande nos últimos jogos ao contrário do que foi no ano passado.

Além disso, 59,2% dos gols marcados pelo camisa 14 em 2023 foram no Campeonato Carioca, enquanto apenas 11 foram feitos no Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil. Embora seja titular e peça importante na equipe de Fernando Diniz, não é possível dizer que a derrota para o Coritiba tem relação com sua ausência.

Percebe-se que não há uma "Canodependência" no Fluminense e os resultados negativos na temporada também passam por outros fatores, como na intensidade do meio de campo e na construção de chances claras de gols. Somados, Cano, Lelê e John Kennedy possuem oito gols no Brasileirão, o que prova que o problema vai além do "camisa nove".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.