Campeonato Espanhol pode retornar no dia 3 de maio com portas fechadas

Javier Tebas, presidente da LaLiga, pensa nesta hipótese como a melhor solução para os clubes com a competição finalizando em junho. Todos aguardam as decisões da Uefa

Lance

Lance

Lance

Nos bastidores do futebol espanhol, há uma ideia para que o campeonato seja retomado no próximo dia 3 de maio, mas ainda com portões fechados. Javier Tebas, presidente da LaLiga, voltou a convocar nesta terça um Comitê de Direção para traçar diretrizes para o futuro da principal competição de futebol do país. No entanto, os dirigentes aguardam primeiro a reunião da Uefa com suas 55 federações finalizar.

A Federação Espanhola disse na última semana trabalhar com quatro cenários. No entanto, a LaLiga trabalha com uma hipótese: recomeçar o Campeonato Espanhol na primeira semana de maio, nos dias 2 ou 3, embora possa tentar um reinício ainda mais cedo, e fazer com que o torneio acabe em junho, com jogos nos finais de semana e durante a semana. Com isso, a Eurocopa precisa ser adiada para 2021.

Um dos principais motivos para se querer terminar a competição é salvar os mais de 100 contratos televisivos que os clubes possuem ao redor do mundo. O ponto é não perder os 25% dos direitos que restam, ainda mais em uma situação os clubes não irão poder lucrar com bilheteria. Tebas também confia que a Liga dos Campeões terá um formato mais enxuto para que ajude os calendários nacionais as equipes.