Futebol Camacho espera Santos mais 'agressivo' contra o Libertad

Camacho espera Santos mais 'agressivo' contra o Libertad

Volante acredita que o Peixe precisa ser mais ofensivo no jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, que acontece na próxima quinta-feira, na Vila Belmiro

Lance
Lance

Lance

Lance

O Santos iniciou na manhã desta terça-feira (10) a preparação para o embate decisivo contra o Libertad, pelas quartas de final da Conmebol Sul-Americana. Nesta quinta-feira (12), às 21h30, na Vila Belmiro, os comandados de Fernando Diniz fazem o duelo de ida contra os paraguaios, em busca da classificação no torneio continental.

E para avançar de fase, o Peixe precisa voltar a criar chances de gol dentro de casa. Na goleada por 4 a 0 sobre a Juazeirense, no último dia 28, o Alvinegro Praiano realizou 25 chutes. Já no clássico diante do Corinthians, foram apenas 11 finalizações. O volante Camacho acredita em uma melhora da equipe nesta quinta.

“Antes o problema estava sendo fazer o gol, pois estávamos criando 20 finalizações por jogo. Mas nas últimas partidas isso deu uma parada. Contra o Corinthians não conseguimos criar, lembro apenas de uma grande defesa do Cássio. Então não foi bom, e sabemos disso. Temos que melhorar, precisamos ser mais agressivos. Dentro de casa temos que finalizar 20, 25 vezes, e fazer os gols. Treinamos muito aqui a parte ofensiva e espero que quinta a gente coloque isso em prática”, afirmou o camisa 20.

Além da Sul-Americana, o Santos FC também está nas quartas de final da Copa do Brasil, onde enfrentará o Athletico-PR. Porém, Camacho não pode jogar pelo Peixe na competição nacional, pois já havia atuado pelo Corinthians. Por conta disso, o volante admite que o torneio continental tem um gostinho a mais para ele.

“Mata-mata todo mundo gosta de jogar. Todo mundo quer estar em campo em todas as partidas. Infelizmente não posso atuar na Copa do Brasil, então tenho uma vontade a mais na Sul-Americana e acredito que temos grandes chances na competição. Mas, para seguir indo em busca desse título, precisamos fazer um grande jogo na quinta e conseguir essa classificação contra o Libertad”, concluiu.

O técnico Fernando Diniz comanda, na tarde desta quarta-feira (11), no CT Rei Pelé, o último treino do Santos FC antes do duelo contra os paraguaios.

Últimas