Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bruno Mezenga vai de herói a vilão, Santos perde para o Bahia nos pênaltis e cai nas oitavas da Copa do Brasil

Peixe empatou com o Tricolor por 1 a 1 no tempo regulamentar

Futebol|Do R7


Lance
Bahia superou o Santos e se classificou (Foto: Divulgação)

O Santos visitou o Bahia na noite desta quarta-feira (31), pelas oitavas de final da Copa do Brasil, acabou derrotado nos pênaltis por 4 a 3 e está eliminado da competição nacional. O confronto disputado na Arena Fonte Nova ficou empatado em 1 a 1 no tempo regulamentar.

O gol que garantiu a classificação da equipe baiana foi marcado por Cauly, após tremendo vacilo do volante Rodrigo Fernández. Bruno Mezenga empatou, de forma dramática, aos 49 minutos do segundo tempo. Nas penalidades máximas, o centroavante desperdiçou a última cobrança do Peixe.

> Fortaleza perto de valor recorde: saiba quais são as maiores vendas de 20 clubes brasileiros

BAHIA LIGEIRAMENTE MELHOR, BOLA NA REDE E JOÃO PAULO!

Publicidade

Os primeiros 15 minutos foram de estudo entre as equipes, mas o Bahia aproveitou melhor os espaços deixados pela defesa santista e a torcida a favor. Com liberdade no meio-campo, Rezende achou lançamento para Biel, que dominou sozinho entre os zagueiros alvinegros e fuzilou para o fundo das redes aos 13'. Porém, o gol acabou anulado por impedimento do atacante.

O Santos passou a ficar um pouco mais com a bola, mas seguiu inferior ao Tricolor de Aço, que marcava com mais agressividade e atacava em velocidade. Na reta final do primeiro tempo, em cruzamento a partir de batida de falta, o zagueiro Kanu cabeceou para baixo, como manda o manual. No entanto, 'São' João Paulo fez defesa espetacular e se chocou com a trave.

Publicidade

DISPLICÊNCIA FUTEBOL CLUBE

Mesmo sem grandes oportunidades criadas para ambos os lados, a partida era mais 'franca' no segundo tempo do que na primeira etapa. Aos 23', Everaldo e Rodrigo Fernández disputaram lance pelo lado direito da defesa santista, o uruguaio simplesmente parou na jogada e ficou reclamando que a bola teria saído. Everaldo não se importou, seguiu e cruzou para Ademir, que finalizou para a defesa de João Paulo. No rebote, Cauly acertou belo chute no canto do goleiro e abriu o placar.

PRESSÃO?

O Santos se lançou ao ataque, principalmente após a entrada de Ângelo. Porém, o time não acertava um chute ao gol sequer. Quem levava mais perigo era o Bahia, em contra-ataques puxados por Ademir.

ATÉ QUE... MEZENGA!

O técnico Odair Hellmann foi para o 'tudo ou nada' e colocou Bruno Mezenga em campo para ganhar poder de fogo nas bolas aéreas. O Alvinegro não estava bem, mas, após escanteio cobrado por Soteldo aos 49 minutos do segundo tempo, o centroavante subiu e cabeceou para empatar e levar o jogo para os pênaltis. Até João Paulo estava na área e essa foi a primeira finalização do Santos em direção ao gol!

ALERTA DE PÊNALTIS: DE HERÓI A VILÃO

Nas penalidades, o Bahia vencia por 4 a 3, pois Camacho perdeu a quarta cobrança. Na sequência, Ademir foi parado por João Paulo e também errou. Porém, a batida que poderia recolocar o Santos na disputa foi desperdiçada pelo então herói Bruno Mezenga. Marcos Felipe defendeu e classificou o Tricolor para as quartas de final da Copa do Brasil.

SEQUÊNCIA

Eliminado, o Peixe recebe o Internacional neste sábado (3), na Vila Belmiro, às 21h. Na mesma data, às 16h, o Bahia visita o Fortaleza, no Castelão. Ambos os jogos valem pela nona rodada do Brasileirão.

BAHIA 1 (4) X (3) 1 SANTOS

Oitavas de final da Copa do Brasil - Segundo jogo

Data e hora: 31 de maio de 2023, quarta-feira, às 19h (de Brasília)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Auxiliares: Nailton Junior de Sousa Oliveira e Luiz Claudio Regazone

VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira

Cartões amarelos: Acevedo, Cicinho e Kanu (Bahia); Rodrigo Fernández (Santos)

Cartões vermelhos:

Gols: Cauly (23' 2T) e Bruno Mezenga (49' / 2T)

Gols nas disputas de pênalti: Cauly, Mugni, Acevedo e Vitor Hugo (Bahia); Soteldo, Mendoza e Weslley Patati (Santos)

Pênaltis perdidos: Ademir (Bahia); Camacho e Bruno Mezenga (Santos)

BAHIA: Marcos Felipe; Kanu, David Duarte e Vitor Hugo; Vitor Jacaré (Cicinho 33' / 1T), Acevedo, Rezende, Cauly e Ryan (Lucas Mugni / 42' 2T); Biel (Ademir / 14' 2T) e Everaldo (Diego Rosa / 42' 2T). Técnico: Renato Paiva.

SANTOS: João Paulo; Gabriel Inocêncio (Weslley Patati / 39' 2T), Joaquim, Messias e Lucas Pires (Nathan / 33' 2T); Rodrigo Fernández (Camacho / 33' 2T), Dodi e Lucas Lima (Ângelo / 25' 2T); Mendoza, Deivid (Bruno Mezenga / 33' 2T) e Soteldo. Técnico: Odair Hellmann

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.