Futebol Bruno Méndez fala de 'competição sadia' na zaga do Corinthians e se diz feliz pelas oportunidades no time

Bruno Méndez fala de 'competição sadia' na zaga do Corinthians e se diz feliz pelas oportunidades no time

Zagueiro concedeu entrevista coletiva virtual na manhã desta terça-feira e comentou a concorrência com Jemerson pela titularidade no Timão. Para ele a disputa é no dia a dia

Lance

O Corinthians se reapresentou nesta terça-feira após vitória no clássico com o São Paulo e o escolhido para conceder entrevista coletiva virtual foi um dos destaques do Majestoso do último domingo: Bruno Méndez, que tem vivido a tão sonhada chance de sequência no time titular por conta das oportunidades dadas por Vagner Mancini. Sendo assim, ele não se sente pressionado pela concorrência com Jemerson, que para ele é uma competição sadia.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Segue o tabu! Veja os jogos da sequência invicta do Corinthians em Majestosos na Neo Química Arena

Bem no duelo com o Tricolor, elogiado por torcedores que viram o uruguaio colando Brenner e Luciano "no bolso", Bruno vinha sendo reserva com Mancini desde que foi expulso contra o Athletico-PR, logo na estreia com o treinador, e só recuperou espaço diante do Grêmio, em que entrou bem no jogo, e contra o Coritiba, jogando os 90 minutos, partidas que o credenciaram para o clássico.

- Um ano e meio que não tinha sequência no time, para mim era muito difícil ficar treinando no dia a dia, mas também entendo cada professor, cada um tem sua forma de pensar, trabalhava dia a dia para poder jogar. O professor Mancini me deu a oportunidade contra o Athletico-PR, eu errei, estava muito triste pelo cartão vermelho, eu acho que também por esse cartão ele me colocou no banco. Marllon foi muito bem, estava muito bem na zaga, então ficou ele. O professor Mancini falou que ninguém é titular absoluto, ainda mais na zaga, então todos temos que treinar dia a dia para estar apto para jogar.

Sem perspectivas de ganhar espaço no time, Bruno Méndez chegou a declarar, ainda durante a pausa por conta do isolamento social, que pensaria em sair por empréstimo para ter mais oportunidades. No entanto, segundo ele, o pensamento sempre foi permanecer no Corinthians e buscar suas chances ali dentro e finalmente elas chegaram, o que o deixa contente atualmente.

- Sem dúvidas agora me sinto contente, porque o que o jogador mais quer é jogar e é o que dá confiança, por sorte venho fazendo jogos, venho jogando, então para mim é muito feliz. Sobe o empréstimo, minha cabeça estava aqui, eu queria jogar aqui, queria ter a minha vitória aqui, então era muito importante seguir jogando aqui e depois o empréstimo se iria ver.

A questão agora, no entanto, é a concorrência pela posição na zaga ao lado de Gil, já que o Timão contratou recentemente Jemerson, um zagueiro de Seleção Brasileira que chega com status de titular. O ex-jogador do Monaco ainda não estreou por ter contraído a Covid-19 e acabou ficando afastado em quarentena por duas semanas. Enquanto isso, Bruno Méndez vai aproveitando a chance, mas não se preocupa com a disputa pela titularidade, a qual considera sadia.

- Sem dúvidas que a chegada do Jemerson vai evoluir todo o time, principalmente os zagueiros, porque como falei não tem titular absoluto, então estamos treinando dia a dia para essa vaga. Agora o professor me deu a oportunidade e espero aproveitar muito bem - disse antes de completar:

- Com o Gil eu tenho uma boa parceria, falo muito com ele, um cara de muita experiência, não só aqui no Brasil, como também na Europa, na Seleção, então eu tento falar muito com ele e na zaga me dá muita tranquilidade, sem dúvida. O Jemerson acabou de chegar, tento falar com ele também, muita experiência na Europa, na Seleção, sempre é bom falar com os companheiros de zaga para saber de cada um e para saber como vamos ajudar cada um no campo. Agora é uma competição sadia, é importante ter um zagueiro como o Jemerson no time, como eu disse é uma competição sadia para brigar pela posição.

Mesmo sem ainda ter esboçado um time para o duelo com o Goiás, na próxima segunda-feira, às 20h, na Neo Química Arena, Vagner Mancini pode manter Bruno no time titular para que Jemerson tenha tempo suficiente para se readaptar fisicamente e ganhar ritmo após ficar um bom período parado. Certo mesmo é que parece que o problema na zaga corintiana está resolvido.

Coletiva Bruno Méndez - Corinthians

Coletiva Bruno Méndez - Corinthians

Lance

Bruno Méndez falou de sua fase (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Últimas