Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Brilho de Tiquinho aponta caminhos e desafios para o Botafogo aprimorar seu poderio ofensivo

Camisa 9 deslancha após quatro jogos em branco na temporada e é crucial na goleada por 4 a 0 sobre o Boavista. Luta de Luís Castro...

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

A maneira como Tiquinho Soares foi essencial para o Botafogo garantir a goleada por 4 a 0 diante do Boavista, no último domingo (5), refletiu um dos desafios para a equipe na temporada. No Mané Garrincha, o jogador de 32 anos teve espaço para e fazer seu esperado baile após quatro jogos em branco em 2023.

Num primeiro tempo iluminado, em seus dois gols o camisa 9 aliou oportunismo à categoria. Incansável, Tiquinho apresentou-se frequentemente para jogadas e triangulações, foi crucial na etapa final ao fazer o lançamento para o gol de Patrick de Paula.

Sua sintonia com Victor Sá também funcionou. O camisa 7 manteve sua ascensão com a camisa do Glorioso. Além de apresentar uma postura aguerrida, buscou investidas com Marçal e Gabriel Pires e invariavelmente foi o jogador alvinegro que buscou mais cruzamentos. Inclusive, Victor Sá acabou premiado com o gol

São caminhos que não só levaram a equipe a uma vitória com placar dilatado, mas ajudaram a deixar algumas preocupações para serem avaliadas no decorrer da temporada. Por mais que a dupla de Tiquinho e Victor Sá tenha se encaixado e as jogadas pela esquerda tenham mostrado bons rumos, a equipe de Luís Castro ainda é insegura em outra área.

Publicidade

Lucas Piazon batalhou muito, mas teve atuação abaixo da média e não trouxe alternativas tão incisivas pela direita. Lançado na etapa final, Gustavo Sauer deu uma leve melhora ao Glorioso, mas depois passou por altos e baixos. Ambos também lidaram com um desempenho pouco ofensivo de Rafael.

O contraste entre as pontas não chegou a trazer dores de cabeça ao Alvinegro. Porém, encontrar este equilíbrio é fundamental tanto para chances de gols e jogadas de Tiquinho surgirem com mais frequência quanto para o restante do elenco do Botafogo enfrentar equipes de alto nível neste ano.

A goleada evidenciou que o Glorioso tem condições de manter sua segurança defensiva, encontrar uma imposição no meio de campo e proporcionar jogadas até o caminho do gol. Cabe ao técnico Luís Castro encontrar a melhor forma de fazer com que a equipe renda "da baliza até o setor ofensivo" e dar margem para que a inspiração fique lado a lado com o Glorioso.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.