Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Botafogo vira na reta final e larga na frente nas oitavas da Copa Sul-Americana; veja o resultado!

Glorioso tem vantagem para o jogo de volta das oitavas da competição continental

Futebol|Do R7


Lance
Tiquinho entrou no intervalo e marcou o gol da virada do Glorioso (Foto: CARL DE SOUZA / AFP)

O Botafogo chegou a tomar um susto, mas garantiu sua vitória sobre o Guaraní no jogo de ida das oitavas da Copa Sul-Americana. Após ver Romeo Benítez abrir o placar no início da partida, o Glorioso reagiu no segundo tempo e obteve a virada por 2 a 1 com gols de Hugo e Tiquinho Soares

Com o resultado, a equipe joga pelo empate no duelo no Defensores del Chaco, no dia 9, na próxima quarta-feira.

Cinco lances que marcaram a partida:

QUE MOLE... Aos dois minutos, o Botafogo viu as coisas se complicarem no Nilton Santos. Raúl Cáceres, livre, iniciou jogada. Após hesitação alvinegra, Moreira surgiu livre nas costas de Hugo e cruzou. A bola passou por toda a defesa e, após Cuesta chegar atrasado, Romeo Benítez abriu o placar.

Publicidade

NO QUASE! O Botafogo se lançou à frente para reagir, mas teve dificuldade para acertar o pé. Sua chance mais clara veio em uma batida de longe de Marlon Freitas que carimbou o travessão de Muñoz.

MUÑOZ SALVA COMO PODE... Com o Alvinegro em alta voltagem, o goleiro do Guaraní foi bastante exigido no segundo tempo. O camisa 12 salvou duas tentativas de Eduardo e uma conclusão de bicicleta de Tiquinho Soares.

Publicidade

!UMA PINTURA! Depois de pressionar, o Botafogo chegou ao empate com um golaço. Hugo aproveitou sobra e encheu o pé, fulminando o goleiro Muñoz.

TIQUINHO SOARES É F... O Alvinegro rondava, rondava, mas coube a Tiquinho Soares ser o responsável pela virada. O camisa 9 converteu pênalti sofrido por Júnior Santos e garantiu a vantagem da equipe de Bruno Lage.

Publicidade

Como foi o primeiro tempo?

O Guaraní logo ameaçou o Botafogo. Camacho passou por dois alvinegros e esticou para Gil Romero concluir rente à trave. Aos dois minutos, um vacilo de Victor Sá deu margem para a equipe paraguaia sair na frente. Raúl Cáceres cruzou e, na sobra, Moreira fez o cruzamento. Romeo Benítez apareceu livre de marcação para concluir. Em desvantagem, o Glorioso foi à frente e tentou jogadas pelos lados com Victor Sá e Di Plácido. Em uma delas, o camisa 24 cruzou e Eduardo, por um triz, passou da bola. Os "aborígenes", por sua vez, "cozinhavam" o jogo com cera e eram traiçoeiros ao engatarem contra-ataques com Camacho e Federico Santander, e chegaram a comemorar um segundo gol com Camacho, mas o lance foi anulado por impedimento. Na reta final, a equipe de Bruno Lage teve sua chance mais clara, quando Marlon Freitas encheu o pé e a bola carimbou o travessão de Munoz. Mas, as tentativas de Victor Sá, Janderson e Gustavo Sauer esbarravam na falta de precisão.

E o segundo tempo?

O Alvinegro voltou do intervalo com as entradas de Sampaio, Matías Segovia e Tiquinho Soares e de ânimo revigorado. O goleiro Muñoz foi acabou se desdobrando em campo. O camisa 1 salvou finalização venenosa de Eduardo. Em seguida, o camisa 33 recebeu passe de Tiquinho e arriscou um voleio, mas o grito de gol foi abafado. Victor Cuesta ainda viu sua cabeçada parar em uma defesa do goleiro. Coube a Hugo furar o bloqueio "aborígene". O lateral aproveitou uma brecha e encheu o pé, acertando a bola no canto da meta de Muñoz. O Glorioso continuou a imprensar o adversário e viu a chance da virada nos últimos minutos. Júnior Santos foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Tiquinho Soares foi preciso na cobrança e não deu chances para Muñoz.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2x1 GUARANÍ (PAR)

Data e hora: 2 de agosto de 2023, às 19h

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Andres Matonte (URU)

Assistentes: Richard Trindad (URU) e Andres Nievas (URU)

VAR: Leodan González (URU)

Cartões amarelos: Eduardo (BOT), Gastón Gil Romero, Luis Martinez, Ríos (GUA)

Gols: Romeo Benítez, 2'/1T (0-1), Hugo, 19'/2T (1-1) e Tiquinho Soares, 44'/2T (2-1)

BOTAFOGO (Técnico: Bruno Lage)

Gatito Fernández; Di Plácido, Adryelson (Philipe Sampaio, intervalo), Cuesta e Hugo; Marlon Freitas, Tchê Tchê (Lucas Fernandes, 36'/2T) e Eduardo; Gustavo Sauer (Matías Segovia, intervalo), Janderson (Tiquinho Soares, intervalo) e Victor Sá (Júnior Santos, 26'/2T).

GUARANÍ (Técnico: Juan Pablo Pumpido)

Muñoz; Raúl Cáceres, Moya, Riveros e Salomoni; Gasyón Gil Romero, Estivel Moreira (Barceló, 32'/2T) e Ríos; Romeo Benítez (Gallardo, 19'/2T), Federico Santander e Camacho (Luis Martinez, 19'/2T).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.